Dia #85 – Difícil viver assim

Ontem eu estava no trabalho, quando minha mãe me ligou.

Com uma voz de desespero: – Fernanda (chamou de Fernanda, ferrou), você está devendo o cheque especial?

– Não, mãe. Eu não tenho cheque especial. (sou um ser evoluído)

Mesmo tom de pânico: – Tá devendo o cartão de crédito do Santander?

– Não, mãe. Eu não tenho cartão de crédito do Santander. Aliás, cancelei o único cartão de crédito que eu tinha. (Isso sim é um ser evoluído)

Agora tom de quem não acredita no absurdo que está ouvindo: – Então por que o Santander está ligando TODOS OS DIIIIIAS para você?

mae-desconfiada

– Não sei, mãe. Dá meu celular pra eles.

– Eu já dei

– Então fala para eles ligarem para o cel, ué.

– Ok……………….Você não tá mentindo não, né?

– Tá bom, mãe. Beijos

Mas fiquei com aquela pulguinha atrás da orelha. Por que será que eles estão me ligando se não tenho cheque especial, cartão de crédito. Será que um cheque meu voltou? Ah, lembrei! Também não tenho cheque.

Ok, passou. Vida normal.

felicidade

Hoje estava eu almoçando com uma amiga, quando meu telefone toca.

Atendi.

Mudo…

Já notei que era telemarketing. Tem coisa mais irritante do que telemarketing que liga e fica no mudo alguns segundos até eles perceberem que alguém do outro lado atendeu?

– Alô?

Mudo….

Tirei o celular da orelha e olhei pra ele pra ver se tinha caído a ligação e escutei alguém respondendo.

– Por favor a Sra Fernanda.

– Pois não?

– Sou fulana do Santander e tenho umas informações de sua conta para lhe passar. Você está podendo falar.

Na real eu não estava, mas realmente fiquei preocupada com o que estava acontecendo com a minha conta já que estavam me ligando desesperadamente.

– Posso sim

– Para que eu tenha certeza que estou falando com o titular, por favor me confirme duas informações

– Pois não?

– Nascimento

– 30/01/1986

– Cidade que nasceu

– Rio de Janeiro

– Ok! Só um instante enquanto verifico no sistema as informações.

Mudo….

– Sra Fernanda?

– Oi

– Verifico que não tem nenhuma promoção disponível no momento. Obrigada pela atenção e tenha uma ótima tarde.

– Eiiiiii, calma aí. Owwww, peraí. Ta aí?

– Sim, Sra Fernanda

– Você está me dizendo que me ligou para me informar que não tem nenhuma promoção para mim?

– Sim. A gente liga para as pessoas, se tem promoção disponível, a gente fala qual é, se não tem, a gente avisa.

– Calma aí. Não to crendo nisso. Dessa maneira você está perdendo o SEU tempo e o MEU.

Mudo…não tinha essa resposta no script…droga.

Volto a falar: – Cara, vocês estão ligando há dias para a minha casa, sem tirar um, me procurando desesperadamente. Quase briguei com a minha mãe por causa disso porque ela já estava achando que eu estava devendo a minha casa para vocês. Eu estava almoçando, parei de comer para você me passar informações, você me fez confirmar “dados” para me dizer que era pra me contar que não tinha nenhuma promoção no momento?

– ….É-é…

sem-graça

 

 

Beijos,

Nanda 😉

Para falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Autoestima de hoje: Boa

O que me detonou: Santander

O que fiz de bom por mim: Vou ao salão hoje. Eba!

Anúncios

julho 18, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. 2 comentários.

Dia #76 – Da série só acontece comigo

Meu número de celular é muito fácil, tem muito 2. Recebo muita ligação por engano. Tanto que eu já até sei: Se tá me ligando e eu não conheço, é engano.

Ontem estava no trabalho e uma mulher (com uma voz de uns 50 anos) me ligou perguntando quem era. Bom, se ela ligou pro meu celular, ela quer falar comigo, logo sabe meu nome. Se não sabe, é engano. Perguntei com quem ela queria falar. Ela insistiu em perguntar quem era e eu insisti em perguntar com quem ela queria falar. Ela disse que estava atualizando a agenda dela e esse número estava lá, daí ela queria saber de quem era.

Ora, minha gente. Por favor, né? Quem, na vida, anota um número na agenda e não anota o nome? E se não anota o nome, não deve ser tão importante a ponto de ligar para a pessoa para saber quem é.

Desliguei, é claro. Porque nunca vi alguém receber tanto trote quanto eu.

Voltei a trabalhar e meu pai do meu lado, no telefone (estou trabalhando com ele agora).

an-angry-woman-is-giving-her-mobile-phone-the-finger-isolated-on-white

Ela me ligou 7 vezes seguidas e eu desligando pra ver se ela desistia.

Vi que ela deixou mensagem de voz e fui ouvir.

“Olha só, você desligou. Você desligou. Se desligou é porque tem culpa. Eu achei esse número no bolso do meu marido, tá?! E se desligou é porque tem culpa. Quem não deve não teme. Eu achei esse número no bolso do meu marido.”

Desliguei branca. Meu pai santíssimo. Só o que me faltava. Vão me matar por uma coisa que eu não fiz, por causa de um homem que eu nem sei quem é.

Tinham várias mensagens de voz dela, só que dessa vez gritando:

“…PARA DE DAR TELEFONE PRA HOMEM CASADO…”

“…A MULHER DELE É DO MORRO DAS PALMEIRAS….” – Meu Deus, vou morrer mesmo.

“….TÁ COM MEEEEDO? TÁ COM MEDO, NÉ????…”

Contei pro meu pai ocorrido (nesse momento eu já tremia horrores) e liguei pra ele ouvir a mensagem de voz. Na hora que fui dar o telefone pra ele, ela ligou mais uma vez (já era a nona vez que ela me ligava) e eu pedi pro meu pai atender.

Ele atendeu super calmo.

– Alô

Não sei exatamente o que ela disse, mas o que eu estava supondo que ela estava falando era:

– Atendeu uma menina aí nesse celular e eu quero falar com ela

– Essa menina é minha filha, é uma adolescente (ai….adorei essa parte hahahahah). – Daí ele começou a gritar (morro de medo quando meu pai grita, ele é daquele tipo de pessoa que quando grita você chora por causa do tom de voz, sabe?) – E você está ligando e ameaçando uma adolescente? É isso?

angry-phone

– Não, você me desculpa, eu liguei errado

– Você ligou errado 7 vezes e ainda deixou mensagens de voz ameaçando?

– Eu não ameacei

– Claro que ameaçou, tenho tudo aqui registrado. Se continuar, vou na polícia mostrar essas ameaças

– Me desculpa, eu liguei errado. Deixa eu pedir desculpas à ela?

– Não vai pedir desculpas nada. Chega

– Então eu vou ligar mais tarde pra pedir desculpas à ela

– Se você ligar mais uma vez, iremos todos parar na delegacia. Então para com isso agora.

Não me lembro o final da conversa, mas não foi muito simpática. E eu continuava tremendo.

Resumindo, ela não me ligou mais.

Aí eu que fiquei com uma dúvida muito grande, fiquei até com vontade de ligar pra senhora lá do morro das Paineiras e perguntar: Ela achou o número do bolso do marido, certo? Por que diabos não pergunto AO MARIDO de quem era esse número antes de ligar esculachando uma pessoa que não tem nada a ver com isso e até agora nem sabe quem é o marido dela? Imagina se eu sou chefe do cara?

Com certeza o cara anotou o número errado e sobrou pra mim.

Mas jamais entenderei esse tipo de mulher que quando “descobre”  que é traída, vai tirar satisfação com a amante, que não tem nada a ver com isso. Gente, quem tem um relacionamento com você é ELE, ele que te deve explicações, ele que te deve lealdade. Não a outra pessoa (salvo quando ELA é sua amiga rsrs).

Lembrando que, nesse caso, ela não descobriu nada. Fantasiou uma situação.

Vamos parar de criar coisa aonde não tem. E vamos parar de procurar, porque quem procura acha. Ou acaba acreditando que acha.

Beijos

Para falar comigo sobre qualquer assunto (inclusive enviar críticas e sugestões) meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com.

Autoestima de hoje: Maravilhosa

O que me detonou: Gente imbecil

O que fiz de bom por mim: Ri disso tudo no final

abril 3, 2013. Tags: , , , , , , , , . Uncategorized. 2 comentários.