Dia #85 – Difícil viver assim

Ontem eu estava no trabalho, quando minha mãe me ligou.

Com uma voz de desespero: – Fernanda (chamou de Fernanda, ferrou), você está devendo o cheque especial?

– Não, mãe. Eu não tenho cheque especial. (sou um ser evoluído)

Mesmo tom de pânico: – Tá devendo o cartão de crédito do Santander?

– Não, mãe. Eu não tenho cartão de crédito do Santander. Aliás, cancelei o único cartão de crédito que eu tinha. (Isso sim é um ser evoluído)

Agora tom de quem não acredita no absurdo que está ouvindo: – Então por que o Santander está ligando TODOS OS DIIIIIAS para você?

mae-desconfiada

– Não sei, mãe. Dá meu celular pra eles.

– Eu já dei

– Então fala para eles ligarem para o cel, ué.

– Ok……………….Você não tá mentindo não, né?

– Tá bom, mãe. Beijos

Mas fiquei com aquela pulguinha atrás da orelha. Por que será que eles estão me ligando se não tenho cheque especial, cartão de crédito. Será que um cheque meu voltou? Ah, lembrei! Também não tenho cheque.

Ok, passou. Vida normal.

felicidade

Hoje estava eu almoçando com uma amiga, quando meu telefone toca.

Atendi.

Mudo…

Já notei que era telemarketing. Tem coisa mais irritante do que telemarketing que liga e fica no mudo alguns segundos até eles perceberem que alguém do outro lado atendeu?

– Alô?

Mudo….

Tirei o celular da orelha e olhei pra ele pra ver se tinha caído a ligação e escutei alguém respondendo.

– Por favor a Sra Fernanda.

– Pois não?

– Sou fulana do Santander e tenho umas informações de sua conta para lhe passar. Você está podendo falar.

Na real eu não estava, mas realmente fiquei preocupada com o que estava acontecendo com a minha conta já que estavam me ligando desesperadamente.

– Posso sim

– Para que eu tenha certeza que estou falando com o titular, por favor me confirme duas informações

– Pois não?

– Nascimento

– 30/01/1986

– Cidade que nasceu

– Rio de Janeiro

– Ok! Só um instante enquanto verifico no sistema as informações.

Mudo….

– Sra Fernanda?

– Oi

– Verifico que não tem nenhuma promoção disponível no momento. Obrigada pela atenção e tenha uma ótima tarde.

– Eiiiiii, calma aí. Owwww, peraí. Ta aí?

– Sim, Sra Fernanda

– Você está me dizendo que me ligou para me informar que não tem nenhuma promoção para mim?

– Sim. A gente liga para as pessoas, se tem promoção disponível, a gente fala qual é, se não tem, a gente avisa.

– Calma aí. Não to crendo nisso. Dessa maneira você está perdendo o SEU tempo e o MEU.

Mudo…não tinha essa resposta no script…droga.

Volto a falar: – Cara, vocês estão ligando há dias para a minha casa, sem tirar um, me procurando desesperadamente. Quase briguei com a minha mãe por causa disso porque ela já estava achando que eu estava devendo a minha casa para vocês. Eu estava almoçando, parei de comer para você me passar informações, você me fez confirmar “dados” para me dizer que era pra me contar que não tinha nenhuma promoção no momento?

– ….É-é…

sem-graça

 

 

Beijos,

Nanda 😉

Para falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Autoestima de hoje: Boa

O que me detonou: Santander

O que fiz de bom por mim: Vou ao salão hoje. Eba!

Anúncios

julho 18, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. 2 comentários.

Dia #82 – Larguei o Candy Crush e tô aqui

Oi, gente! Como andam? Por acaso alguém ainda lembra de mim por aqui? Espero que sim. 🙂

Esse mês o blog completou 1 aninho! Que feliz! 1 aninho que minha vida mudou completamente, que temos esse espacinho aqui pra trocar idéias, pensamentos, experiências e por aí vai.

Por falar em experiência, essa semana vivi a melhor experiência da minha vida.

Todo mundo sabe dos protestos que têm acontecido em vários locais do país. A televisão só fala disso, no Facebook também é só isso. Então acredito que, sim, todos saibam dos protestos.

Nessa quinta-feira, dia 20/06, rolou uma manifestação histórica. A TV informou que foram 300.000, mas eu tinha a sensação de que tinha muito mais e depois vi que rolou uma conta por aí e a estimativa era de 1.400.000 pessoas na rua.

E eu fui. Fui fazer parte de um possível novo livro de História.

Que coisa incrível, todas as pessoas numa vibe só, do bem.

Muitos cartazes. Alguns engraçados, outros mais sérios, cada um defendendo a sua causa. Mas o importante era mostrar que tava ali, que queria e exigia um Brasil melhor para se morar, para se viver, porque tá foda (desculpa o termo).

Confesso que o que mais me arrepiou, eu não vi lá, vi quando cheguei em casa. Na verdade, muita coisa que aconteceu eu só vi depois quando cheguei em casa. 

Os jovens de 1968 apoiam os jovens de 2013

Os jovens de 1968 apoiam os jovens de 2013

Um dia eles estiveram na rua, lutando. E como minha mãe disse: “Já fui a rua pela anistia, diretas já, Fora Collor, e conseguimos tudo. Lutei por um mundo melhor pensando neles (minha geração) e, sem vandalismo.”

O que eu disse à ela, digo pra vocês: “Agora é a minha vez.”

Meu primo e eu

Meu primo e eu

Ah, o verso desse cartaz era: “Feliciano, o único doente é você!” – Maior galera me parou pra tirar foto desse cartaz. rsrs. Bem legal mesmo.

E pra você, de qualquer idade, que apóia a gente, mas não quer ou não pode ir às ruas, compartilhe imagens, conteúdos, deixe todo mundo saber. Mas leia o que está compartilhando, vejo muitas besteiras sendo compartilhadas simplesmente porque não são lidas previamente.

Lindo mesmo foi todo mundo cantando o hino nacional junto, fazendo eco na rua. Isso não tem preço.

Lindo mesmo foi a chuva de papel picado, a galera toda na janela, piscando as luzes em apoio, balançando bandeiras brancas e do Brasil.

Lindo mesmo é perceber que o nosso barulho tá fazendo algum efeito, estão escutando nossas vozes e isso tá incomodando de alguma maneira. Não é de um dia pro outro que o Brasil vai mudar, mas já é o primeiro passo.

Quanto ao vandalismo, não vou me estender muito em comentários. As imagens dizem tudo, apenas marginais se aproveitando da situação, sem nenhuma causa a ser defendida. E o quanto vocês puderem denunciar esses imbecis, ligando para o Disque Denúncia, compartilhando imagens, etc., o façam.

Beijos 😉

Para falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com 

Autoestima de hoje: Marromeno

O que me detonou: Não sei direito

O que fiz de bom por mim:

junho 25, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia 78 – Lá vem a noiva

Acho que quem acompanha aqui já sabe que vou casar. Sonhei com isso a minha vida inteira, com o momento em que eu enlouqueceria preparando as coisas pro grande dia.

Pois é, esse momento chegou. Mas não quero me precipitar.

Ando lendo muitos blogs de casamentos. Os meus blogs preferidos são o Casamenteiras (esse eu tô lendo todos os posts antigos, já estou na página 84) e Casando Sem Grana (esse tem idéias ótimas) – Vou colocar os dois na lista de blogs que leio que fica aqui no canto direito. Além disso, ando curtindo páginas no Facebook sobre esse assunto, vendo muitas fotos no Pinterest. Até baixei um aplicativo ótimo no celular, o Casando (tem um checklist perfeito que vai te dizendo a época que tem que fazer tal coisa).

casando

Claro que é muito dinheiro, mas dá pra economizar, sim.

Por isso eu tô pesquisando muito antes de me decidir pela casa de festas certa. É importante que saiba que não existe uma casa de festas CERTA, a perfeita para qualquer casamento. Quando digo sobre a casa de festas certa, digo a qual mais  te agrada em questões de decoração, serviços oferecidos, atendimento e que vai de acordo com seu orçamento.

Uma coisa muito importante que minha amiga disse é que se você não curtiu algo, mesmo que seja o mínimo detalhe, não fecha. O atendimento tem que ser maravilhoso. Você vai passar 1 ou 2 anos acertando detalhes com essa pessoa que vai te atender, você vai estar gastando muito dinheiro e ser mal atendida ou não gostar do serviço que está sendo prestado, não dá, né? Mais um motivo pra pesquisar MUITO!

Minha amiga me mandou uma lista de casa de festas do Rio de Janeiro. Eu, como uma fã de planilhas, fiz uma na qual que eu possa controlar se já solicitei orçamento, se já recebi esse orçamento, quanto é cada coisa, minhas observações sobre a casa, se já visitei e até se eu já a eliminei.

Ainda não visitei nenhuma casa. Estou buscando orçamentos para depois decidir aonde vou visitar.

casamento

Ah, muito importante antes de solicitar um orçamento, monte uma listinha de convidados. Completamente informal, não definitiva, apenas pra você ter idéia da quantidade de convidados.

Eu, por exemplo, só pretendo que seja em 2015. A maioria ainda não tem tabela de preços para 2015 e me responde que não tem preço. Isso me irrita profundamente, porque se ainda não tem pra 2015, manda a última data disponível em tabela. Estou apenas pesquisando, os preços variam, mas não tanto.

Então já preparei um textinho falando que pretendo me casar em 2015, mas se não tiver em tabela que me mande o preço que ainda tem em tabela apenas para que eu tenha uma idéia. Prontinho, só mando isso para as casas e nunca mais me estresso.

Mas não são todas que respondem aos e-mails. Outra coisa que não entendo: Como, nos dias de hoje, algumas casas não se preocupam em ter site, colocar fotos dos eventos e/ou verificar constantemente os e-mails?

Enfim, a parte boa é que vejo cada coisa maravilhosa, que eu fico louca e sonhando com o meu dia. Mas a maioria dessas casas lindíssimas está completamente fora do meu orçamento.

Inclusive, o que tem de gente querendo que eu desista dessa idéia não está no gibi.

Dizem que é futilidade. Que é apenas um dia. Que com esse dinheiro, eu faço uma viagem fantástica, faço não sei o que, faço não sei o que mais.

Confesso que isso me desanima horrores. Mas nada, nada vai me fazer desistir do MEU sonho.

Lembro de quando minha mãe tinha uma empresa de aluguel de toalha de mesas e íamos montar casamentos numa casa de festas maravilhosa. Lá é casamento de princesa. A noiva chega de carruagem. Eu sempre dizia: “Um dia ainda vou casar aqui……….com o HENRI CASTELLI!” hahahaha

Ok, a parte do Henri eu deixei de lado. Já tenho meu próprio princípe.

Beijos

Se você tiver alguma sugestão, dicas sobre casamentos, quiser que eu envie a planilha de casa de festas do Rio que eu montei ou falar sobre qualquer outro assunto, só mandar um e-mail para fernanda_carvalho@globo.com

Autoestima de hoje: Boazinha

O que me detonou: Mau humor, sono, cansaço

O que fiz de bom por mim: Ontem fui ao cine com o príncipe. Distraí a cabeça, ri muito.

abril 17, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia #67 – Um peixinho fora d’água

Faz um tepinho que estava querendo entrar numa academia pra sair desse estado de inércia que me encontro. Tinha me interessado pela Smartfit por conta do preço da mensalidade que varia de R$50,00-R$60,00, mas o que me convenceu mesmo foi o plano que dá direito de você malhar em outras unidades, o que é muito útil pra mim.

Iria entrar só quando eu voltasse de viagem, dia 15/12 (pra quem não sabe, viajo pra Nova York na semana que vem), mas aí surgiu uma promoção bem legal do plano anual e resolvi entrar logo.

Me matriculei no bairro onde trabalho, Barra da Tijuca. Que me desculpem os “barrenses”, mas Barra da Tijuca é o bairro com maior concentração de gente nojenta do Rio de Janeiro. Não estou generalizando, apenas dizendo que tem, sim, muita gente nojenta aqui.

E como me matriculei lá, os primeiros passos (exame médico e montagem de série), são feitos obrigatóriamente na unidade que é matriculado.

Hoje foi meu primeiro dia.

Fui depois do trabalho com uma malinha com a roupa de ginástica dentro, meio tímida perguntei aonde ficava o vestiário e me disseram que eu teria que cruzar a academia e subir uma escada.

No momento que eu fui da porta da academia pro vestiário, eu decidi que não queria nunca mais voltar naquele lugar.

Só tinha mulher MUITO sarada e homem bombadão. Daqueles que passam o dia todo na academia, mais socializando do que malhando. E todos eles paravam de fazer o que estavam fazendo para me olharem com cara de “O que você está fazendo aqui? A lanchonete é no primeiro piso, aqui não vende comida”.

Não lembro de antes na minha vida ter tido tanta vergonha e ter me sentido tão mal. Quase que pedi desculpas por estar ali.

Academia antes era um lugar que as mulheres iam para ficar gostosa, mas hoje em dia você precisa ficar gostosa antes de entrar na academia ou será um peixinho fora d’água, as pessoas vão realmente te olhar como se aquele ali não fosse seu lugar.

Entrei no vestirário, me troquei escondida num box (jamais trocaria de roupa na frente delas) e fiquei um tempinho tomando coragem. Fiquei ali dentro mexendo no celular até que…..UMA GORDINHA ENTROU PRA TROCAR DE ROUPA! Opa! Não sou a única? Não estou só nesse mundo de pessoas saradas, bombadas, de mulheres com a voz grossa e algumas até com “gogó”?

Fui lá, fiz meu exame médico e como marquei para montar minha série amanhã, só podia fazer esteira/bicicleta/transport. Escolhi o transport porque sempre foi meu preferido. O aparelho ficava no segundo andar. Vocês acreditam que tinha uma mulher na esteira no primeiro andar que ficou o tempo inteeeeeeiro olhando lá pra mim, que estava lá em cima?

Por um tempo fiquei com vergonha, mas aquilo começou a me incomodar até que resolvi encarar ela, aí acho que ela ficou meio sem graça, sei lá. Mas me deixou terminar em paz.

Os pontos positivos?

A Academia é linda, os aparelhos são novíssimos e modernos.

Depois de montar minha série, posso malhar em qualquer unidade e jamais voltarei nessa. Só se for muito preciso.

O transport é muito legal. Além de ter um cabo que eu posso carregar o iPhone conforme meu esforço/energia gasta no aparelho, posso também com esse cabo controlar a música que tô escutando no iPhone diretamente pelo teclado que tem no transport, teclado esse que também posso controlar o som da TV.

Outra coisa muito legal do transport é que antes de começar, ele pede pra você inserir seu peso, idade, quanto tempo pretende ficar. Daí ele vai controlando todo o seu “treino”, seus batimentos cardíacos. Pra ter uma noção, teve uma hora que eu me empolguei pensando na viagem, quando me dei conta o aparelho tava piscando pedindo pra eu ir mais devagar pra dimimuir os batimentos cardíacos. Legal, né?

Amanhã tem mais uma sessão de tortura porque vou montar minha série e depois Adeus unidade da Barra.

Para falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Andei um pouco atolada lá no trabalho, mas amanhã estou entrando de férias e vou responder todos os e-mails de vocês, ok?

Beijinhos 😉

Autoestima de hoje: De leve

O que me detonou: Pessoas tentando me diminuir

O que fiz de bom por mim: Caguei pra elas

novembro 30, 2012. Tags: , , , , , , , , , . Uncategorized. 6 comentários.

Dia #16 – Eu sou cult

Gente, acredita que a loira aqui ontem escreveu esse post e esqueceu de publicar? Deixei no rascunho! Eita lerdeza!!

Enfim, essa semana fui ao teatro ver “Os Suburbanos”. Super recomendo, é super engraçado (só é um pouquinho longa). É com o Rodrigo Sant’ana e ele é demais, sou super fã de todos os personagens dele.

Vocês costumam ir ao teatro? Sempre que eu vou, eu saio pensando que eu deveria ir mais vezes. É tão gostoso!

Então, quem curte teatro e tiver afim de ir, estou aceitando convites.

Confesso que programas “culturais” são raros na minha vida, mas não sei o motivo. Porque eu adoro!

De vez em quando curto ir em exposições, visitar pontos turísticos. Cinema não conta porque sou viciada e estou lá quase toda semana.

Por falar em pontos turísticos, preciso fazer uma confissão e que sei que muitos irão querer me matar e perguntar “COOOOMO ASSIM??”: Sou nascida e criada na cidade do Rio de Janeiro e nunca nem andei de bondinho e nunca nem fui no Cristo!

Mas como assimmmm??? Não sei! Sempre tenho vontade, mas acabo nunca indo.

Pronto! Tá decidido! Vou aproveitar que Tá um final de semana lindo no Rio e vou amanhã mesmo andar de bondinho e visitar o Cristo!!

Agora só preciso arrumar cia. Alguém se propõe?

Texto de hoje: 10 coisas (quase de graça) para se fazer no Rio de Janeiro

Autoestima de hoje: Alta

O que me detonou: Nadinha

O que fiz de bom por mim: Fui dar uma volta à pé  e sozinha pelo meu bairro (que é super gostoso, por sinal)

julho 7, 2012. Tags: , , , , , . Uncategorized. 8 comentários.