Dia #101 – Príncipe pai

Hoje, 11/02/14, completo 1 ano e meio de namoro com o príncipe pai (mesmo parecendo que são uns 5 anos que estamos juntos).

Incrível, mas tem 1 ano e meio apenas que a minha vida mudou completamente.

Costumo dizer que a gente brigava muito mais quando não namorávamos ainda (quase todo dia e era sempre bem sério). E olha que foram 5 meses dele me enrolando ficando. Acho que eu era muito insegura do que ele sentia e ele era muito fechado, daí ficava difícil mesmo. E por brigar muito, ele que ficava inseguro de começar o namoro (bem, pelo menos, foi isso que ele disse algumas horas antes da gente começar a namorar).

aniversario

Hoje em dia a gente quase não briga. E quando briga, eu brigo sozinha. Porque ele me deixa falando e fica só me olhando (com aquela cara de que sou maluca, sabe?). Tem coisa mais irritante? Não! Então até evito brigar pra eu não me estressar sozinha. rsrs

Acho que a sensação que tenho de estarmos há muito mais tempo juntos se deve pelo fato do nosso início de namoro não ter sido nada convencional, ter sido muito intenso. Logo que começamos o namoro, descobrimos o câncer na mãe dele e foi tudo muito rápido.

inicio-de-namoro

Isso nos uniu muito, estávamos sempre juntos. Contei tudo aqui pra vocês, lembra?

Quando ela faleceu, não tinha coragem de deixá-lo sozinho nem por um minuto e fui ficando na casa dele, até quando nos vimos comprando uma cama de casal.

Ele me pediu em casamento. Mentira, pediu nada (pediu nem em namoro, meus amigos que pediram rsrs). Me deu a aliança e disse que eu sabia o que era. Ou seja, estou esperando o pedido até hoje.

pedido-casamento

Fechamos os detalhes do nosso casamento, da realização do meu sonho, mas faltando 1 semana exatamente para completar 1 ano de falecida, a minha sogra mandou o João de presente pra gente.

Doeu muito, mas tive que cancelar tudo do casamento, pois o dinheiro não iria dar.

Não me arrependo de absolutamente nada do que aconteceu e vem acontecendo na minha vida. Não mudaria nenhuma vírgula.

O meu filho é a consequência mais linda que isso tudo poderia gerar. Nunca imaginei minha vida assim, nunca imaginei sentir algo assim. A construir uma família é a melhor sensação do mundo.

construir-familia

E o amor e admiração que eu tinha pelo príncipe pai só aumenta. Às vezes na hora de dormir, fico olhando pra ele já dormindo e agradeço a Deus por ter encontrado o amor da minha vida ainda nessa vida, não é louco? Tem gente que passa pela vida e não o encontra. Mas eu sei que esse amor não é dessa vida e nem acaba nessa vida.

Fico com tanto medo de acontecer alguma coisa a ele que me dá vontade de chorar.

Não é porque é meu noivo, mas é uma das melhores pessoas que conheço no mundo, de coração bom. Cuidou da mãe como ninguém, cuidou da vó, cuida muito bem de mim e do João, dos tios avós. Não sabe dizer não pra ninguém (e isso me irrita às vezes). Dedicado no trabalho.

Amo ver quando faz carinho na minha barriga, faz cosquinha nela pra brincar com o João, quando conversa com ele, enche a barriga de beijo. Tenho certeza que meu filho não poderia ter outro pai, porque ele já exerce esse papel lindamente.

Descrevo isso como um amor e admiração tão fortes, que chega a doer o peito. Deve ser porque tá quase transbordando, né?

me_completa

Enfim, feliz 1 ano e 6 mesinhos pra gente. Nosso presente tá chegando aí.

Beijos,

Nanda 😉

Não esqueça de acompanhar a gente no Facebook. Curte lá: http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam ;)

fevereiro 11, 2014. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia #98 – Meu diário de gravidez

Dia 30/01, foi meu aniversário. Eu amo fazer aniversário. E esse ano foi com gostinho especial. Meu presentinho, que completou 21 semanas nessa quarta-feira.

Já passamos da metade. Meu príncipe chega no meio de Junho, talvez em dia de São João (por isso o nome dele). Apesar de contarmos 9 meses de gestação. O correto são 40 semanas de gestação (algumas pessoas dizem 42, mas vou me informar direito com a minha médica nesse mês). O que completa quase 10 meses.

Tudo que podia acontecer, já aconteceu. Tive muito enjôo nos 3 primeiros meses, tenho muita azia, espinha, estrias já estão nascendo na barriga (mesmo eu passando óleo 2x ao dia). Pra completar, no dia 04/01, eu estava descendo as escadas, escorreguei no chinelo e bati com o coquix na quina da escada. Uma dor insuportável. Não conseguia nem ir ao banheiro sozinha, muito menos sentar. Estava de licença e só voltei a trabalhar agora, dia 28/01.

Ainda não sento direito, só na pontinha da cadeira ou de lado. Ainda sinto muitas dores à noite. Mas já to bem melhor.

Minha médica disse que eu posso ter fraturado o coquix, mas isso a gente nunca vai saber. Porque, por conta da gravidez, não posso fazer raio x. E mesmo que tivesse fraturado, não tem como engessar. Também não posso tomar nenhum antiinflamatório para melhorar mais rápido. Só muito gelo e novalgina pra aliviar (bem pouquinho) as dores.

Andei pesquisando e machucar o coquix é uma das piores coisas que tem. Porque o coquix não serve pra nada, só pra doer. rs

Bom, mas voltando pra parte boa. Um dia acordei e minha barriga tinha crescido absurdamente. É sério, foi do nada mesmo.

gravida

Foto hoje antes de sair de casa

 

A barriga é bem pesada, não só por conta do bebê, mas por conta de todo o líquido que tá dentro do útero. Pra ajudar, eu comprei uma faixa que é “Deus na Terra”. Ela segura a barriga e alivia o peso a e dor na hora.

gravidez-faixa

 

A que eu comprei foi esse modelo que custou por volta de R$60,00. Comprei no Shopping 45 (Tijuca), numa loja de gestante que tem no 1º andar (também tem uma loja de gestante no subsolo).

Só que, além de não ser nada confortável, tem 1 problema muito sério. Ela solta enquanto a gente anda. Isso é uma droga, porque você tá no meio da rua e do nada a parada solta.

Eu vou costurar uns ganchinhos pra prender melhor. Mas se alguém tiver dicas de outros modelos que são mais confortáveis e não soltem, por favor, me digam.

Tô amando essa fase, to curtindo muito meu barrigão. Converso muito com meu príncipe João, faço muito carinho nele.

É uma ligação tão forte. Eu sinto quando ele está prestes a se mexer. Isso é uma delícia. Ainda não dá pra sentir colocando a mão, só por dentro mesmo.

Mas essa semana o ‘príncipe pai’, conseguiu sentir uma cosquinha quando encostou a mão. Ele ficou todo bobo, parecia uma criança recebendo cosquinha na mão. É tão bom ver esse amor crescendo cada vez mais. Entre nós três.

Eu tô muito ansiosa e essa ansiedade só aumenta. Esses dias, sonhei que o João nascia e não tinha nada pronto ainda. Nem quarto, nem bolsa, nem nada. Eu ficava angustiada no sonho.

Mas deve ser porque ando com o sentimento que ele não vai esperar até Junho. Não são pensamentos negativos, não. Também não sei explicar o que é, eu apenas sinto isso, como eu sentia que seria menino.

O Leandro disse que eu tenho que controlar minha ansiedade, até roer unha eu tô roendo, mas como eu vou fazer isso?

É tanta coisa na cabeça. Será que vou dar conta do recado?

Um amigo me disse no final de semana que tem certeza que eu vou ser uma mãezona e foi a melhor coisa que alguém disse pra mim nos últimos tempos. Porque farei de tudo pra ser uma mãezona.

Um beijo,

Nanda 🙂

Não esqueça de acompanhar a gente no Facebook. Curte lá:http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail éfernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam ;)

Autoestima de hoje: Maravilhosa. Tô inchada, cheia de espinha, com a raiz do cabelo gigante, mas me achando linda 

O que me detonou: Trabalho só

O que fiz de bom por mim: Fui fazer os exames que estou enrolando desde novembro pra fazer

fevereiro 7, 2014. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.