Dia #101 – Príncipe pai

Hoje, 11/02/14, completo 1 ano e meio de namoro com o príncipe pai (mesmo parecendo que são uns 5 anos que estamos juntos).

Incrível, mas tem 1 ano e meio apenas que a minha vida mudou completamente.

Costumo dizer que a gente brigava muito mais quando não namorávamos ainda (quase todo dia e era sempre bem sério). E olha que foram 5 meses dele me enrolando ficando. Acho que eu era muito insegura do que ele sentia e ele era muito fechado, daí ficava difícil mesmo. E por brigar muito, ele que ficava inseguro de começar o namoro (bem, pelo menos, foi isso que ele disse algumas horas antes da gente começar a namorar).

aniversario

Hoje em dia a gente quase não briga. E quando briga, eu brigo sozinha. Porque ele me deixa falando e fica só me olhando (com aquela cara de que sou maluca, sabe?). Tem coisa mais irritante? Não! Então até evito brigar pra eu não me estressar sozinha. rsrs

Acho que a sensação que tenho de estarmos há muito mais tempo juntos se deve pelo fato do nosso início de namoro não ter sido nada convencional, ter sido muito intenso. Logo que começamos o namoro, descobrimos o câncer na mãe dele e foi tudo muito rápido.

inicio-de-namoro

Isso nos uniu muito, estávamos sempre juntos. Contei tudo aqui pra vocês, lembra?

Quando ela faleceu, não tinha coragem de deixá-lo sozinho nem por um minuto e fui ficando na casa dele, até quando nos vimos comprando uma cama de casal.

Ele me pediu em casamento. Mentira, pediu nada (pediu nem em namoro, meus amigos que pediram rsrs). Me deu a aliança e disse que eu sabia o que era. Ou seja, estou esperando o pedido até hoje.

pedido-casamento

Fechamos os detalhes do nosso casamento, da realização do meu sonho, mas faltando 1 semana exatamente para completar 1 ano de falecida, a minha sogra mandou o João de presente pra gente.

Doeu muito, mas tive que cancelar tudo do casamento, pois o dinheiro não iria dar.

Não me arrependo de absolutamente nada do que aconteceu e vem acontecendo na minha vida. Não mudaria nenhuma vírgula.

O meu filho é a consequência mais linda que isso tudo poderia gerar. Nunca imaginei minha vida assim, nunca imaginei sentir algo assim. A construir uma família é a melhor sensação do mundo.

construir-familia

E o amor e admiração que eu tinha pelo príncipe pai só aumenta. Às vezes na hora de dormir, fico olhando pra ele já dormindo e agradeço a Deus por ter encontrado o amor da minha vida ainda nessa vida, não é louco? Tem gente que passa pela vida e não o encontra. Mas eu sei que esse amor não é dessa vida e nem acaba nessa vida.

Fico com tanto medo de acontecer alguma coisa a ele que me dá vontade de chorar.

Não é porque é meu noivo, mas é uma das melhores pessoas que conheço no mundo, de coração bom. Cuidou da mãe como ninguém, cuidou da vó, cuida muito bem de mim e do João, dos tios avós. Não sabe dizer não pra ninguém (e isso me irrita às vezes). Dedicado no trabalho.

Amo ver quando faz carinho na minha barriga, faz cosquinha nela pra brincar com o João, quando conversa com ele, enche a barriga de beijo. Tenho certeza que meu filho não poderia ter outro pai, porque ele já exerce esse papel lindamente.

Descrevo isso como um amor e admiração tão fortes, que chega a doer o peito. Deve ser porque tá quase transbordando, né?

me_completa

Enfim, feliz 1 ano e 6 mesinhos pra gente. Nosso presente tá chegando aí.

Beijos,

Nanda 😉

Não esqueça de acompanhar a gente no Facebook. Curte lá: http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam ;)

Anúncios

fevereiro 11, 2014. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia #99 – Saindo com a nora

Murphy definitivamente me ama. No meio da semana luto pra acordar 8:30. No sábado perdi o sono às 7:30 da manhã.

Perdi o sono cedo porque tô chateada. Talvez a gente não consiga fazer a obra que eu tanto queria no quarto do João, porque não vamos ter grana. Não tem, não tem, mas é que estou desde novembro pensando em cada detalhe do quartinho dele, comprei revistas pra ter idéias, visito sites, procuro fotos. Enfim, vamos ver ainda se conseguimos ou não.

Sonhei novamente que ele nascia ontem (com 21 semanas). Ele era tão cabeludinho, com os cabelinhos arrepiados (uma amiga disse que quando a gente sonha com o nosso bebê, é porque ele vai ser assim). E tão pequenininho. Só que eu não tinha avisado ninguém, só a minha família que estava lá comigo, e ficava desesperada falando pro Leandro avisar no Facebook para os meus amigos. rsrs

E sábado foi dia de encontrar com a amiga e, enfim, conhecer minha nora que já está com quase 5 meses. Já falei da Samila umas duas vezes aqui no blog e falei do nascimento da Manu aqui também. Quem se lembra?

Pois é, que vergonha, mas só ontem conheci a nossa Manu.

Fomos almoçar juntas e cheirei muito, mordi, beijei. Ela é uma delícia!

bebe

A Samila me surpreendeu, é uma mãezona. Como a pessoa muda com a maternidade, mas ao mesmo tempo, sempre fica resquícios da velha Samila lá, nem que seja no fundo.

mamae

bebe-comendo-papinha

Não é a coisa mais linda?!

Trocamos várias figurinhas. Foi inevitável. Acho que basicamente só falamos disso. rsrs.

Depois fomos numa casa de festas para iniciar as pesquisas para a festa de 1 ano da Manu. Visitamos a casa de festas Safari Kids, que fica no bairro Todos os Santos, bem pertinho do Norte Shopping.

Aos sábados eles só atendem com hora marcada, por conta das festas que eles têm, mas chegamos lá e atenderam a gente mesmo assim (aparentemente não muito satisfeitos por isso).

A casa de festas é linda, limpinha, brinquedos em estado impecável, decoração linda (estava rolando uma festa enquanto estávamos lá), salgadinhos maravilhosos (fizemos degustação e até mini churros têm incluso no valor), tem também mini jantar incluso no valor (mas não fizemos degustação, até porque era de dia).

O que eu não curti? Não achei a moça que nos atendeu muito simpática e nem com muita paciência (já trabalhei em casa de festas e sempre prezei pela simpatia máxima) e achei o preço meio salgado, R$6.890 – ou R$6.590, não me recordo – para 100 pessoas (independente se for de dia ou a noite a festa) por 5 horas de festa. E se você optar por decoração provençal, tem acréscimo de R$600,00 no valor e você ainda fica responsável por levar todos os doces “personalizados” para compor a mesa.

obs: O orçamento que pegamos é para 100 pessoas, mas a casa tem capacidade para até 150 pessoas.

O pagamento pode ser em cheque, dando 20% de entrada e parcelando até a data da festa. Ou em cartão de crédito, em 6x.

Bom, estou contando pra vocês só para que tenham uma idéia. Eu esperava que o valor fosse por volta de R$4.000,00.

E, além disso, na minha opinião, casa de festas é legal para crianças a partir de uns 3/4 anos. Uma criança que está fazendo 1 ano, não vai em nenhum brinquedo, não tem nada pra fazer. Algumas casa de festas até tem uma área baby, não vi se essa tinha. Mas na maioria das vezes, ela acaba de mau humor ou dormindo.

Eu acho que é muito mais válido fazer uma festa em casa ou no play. Aluga uma área baby que é bem baratinho. E hoje em dia tem tantas opções lindas de festas em casa. Mas essa é só a minha opinião. O que vocês acham?

Beijos,

Nanda 😉

Não esqueça de acompanhar a gente no Facebook. Curte lá: http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam ;)

Autoestima de hoje: Maravilhosa. Me achando linda com esse barrigão 

O que me detonou: Calor

O que fiz de bom por mim: Fiz as minhas unhas (em casa mesmo), pra ver se eu paro de roer (voltei a roer por conta da ansiedade)

fevereiro 9, 2014. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia #98 – Meu diário de gravidez

Dia 30/01, foi meu aniversário. Eu amo fazer aniversário. E esse ano foi com gostinho especial. Meu presentinho, que completou 21 semanas nessa quarta-feira.

Já passamos da metade. Meu príncipe chega no meio de Junho, talvez em dia de São João (por isso o nome dele). Apesar de contarmos 9 meses de gestação. O correto são 40 semanas de gestação (algumas pessoas dizem 42, mas vou me informar direito com a minha médica nesse mês). O que completa quase 10 meses.

Tudo que podia acontecer, já aconteceu. Tive muito enjôo nos 3 primeiros meses, tenho muita azia, espinha, estrias já estão nascendo na barriga (mesmo eu passando óleo 2x ao dia). Pra completar, no dia 04/01, eu estava descendo as escadas, escorreguei no chinelo e bati com o coquix na quina da escada. Uma dor insuportável. Não conseguia nem ir ao banheiro sozinha, muito menos sentar. Estava de licença e só voltei a trabalhar agora, dia 28/01.

Ainda não sento direito, só na pontinha da cadeira ou de lado. Ainda sinto muitas dores à noite. Mas já to bem melhor.

Minha médica disse que eu posso ter fraturado o coquix, mas isso a gente nunca vai saber. Porque, por conta da gravidez, não posso fazer raio x. E mesmo que tivesse fraturado, não tem como engessar. Também não posso tomar nenhum antiinflamatório para melhorar mais rápido. Só muito gelo e novalgina pra aliviar (bem pouquinho) as dores.

Andei pesquisando e machucar o coquix é uma das piores coisas que tem. Porque o coquix não serve pra nada, só pra doer. rs

Bom, mas voltando pra parte boa. Um dia acordei e minha barriga tinha crescido absurdamente. É sério, foi do nada mesmo.

gravida

Foto hoje antes de sair de casa

 

A barriga é bem pesada, não só por conta do bebê, mas por conta de todo o líquido que tá dentro do útero. Pra ajudar, eu comprei uma faixa que é “Deus na Terra”. Ela segura a barriga e alivia o peso a e dor na hora.

gravidez-faixa

 

A que eu comprei foi esse modelo que custou por volta de R$60,00. Comprei no Shopping 45 (Tijuca), numa loja de gestante que tem no 1º andar (também tem uma loja de gestante no subsolo).

Só que, além de não ser nada confortável, tem 1 problema muito sério. Ela solta enquanto a gente anda. Isso é uma droga, porque você tá no meio da rua e do nada a parada solta.

Eu vou costurar uns ganchinhos pra prender melhor. Mas se alguém tiver dicas de outros modelos que são mais confortáveis e não soltem, por favor, me digam.

Tô amando essa fase, to curtindo muito meu barrigão. Converso muito com meu príncipe João, faço muito carinho nele.

É uma ligação tão forte. Eu sinto quando ele está prestes a se mexer. Isso é uma delícia. Ainda não dá pra sentir colocando a mão, só por dentro mesmo.

Mas essa semana o ‘príncipe pai’, conseguiu sentir uma cosquinha quando encostou a mão. Ele ficou todo bobo, parecia uma criança recebendo cosquinha na mão. É tão bom ver esse amor crescendo cada vez mais. Entre nós três.

Eu tô muito ansiosa e essa ansiedade só aumenta. Esses dias, sonhei que o João nascia e não tinha nada pronto ainda. Nem quarto, nem bolsa, nem nada. Eu ficava angustiada no sonho.

Mas deve ser porque ando com o sentimento que ele não vai esperar até Junho. Não são pensamentos negativos, não. Também não sei explicar o que é, eu apenas sinto isso, como eu sentia que seria menino.

O Leandro disse que eu tenho que controlar minha ansiedade, até roer unha eu tô roendo, mas como eu vou fazer isso?

É tanta coisa na cabeça. Será que vou dar conta do recado?

Um amigo me disse no final de semana que tem certeza que eu vou ser uma mãezona e foi a melhor coisa que alguém disse pra mim nos últimos tempos. Porque farei de tudo pra ser uma mãezona.

Um beijo,

Nanda 🙂

Não esqueça de acompanhar a gente no Facebook. Curte lá:http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail éfernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam ;)

Autoestima de hoje: Maravilhosa. Tô inchada, cheia de espinha, com a raiz do cabelo gigante, mas me achando linda 

O que me detonou: Trabalho só

O que fiz de bom por mim: Fui fazer os exames que estou enrolando desde novembro pra fazer

fevereiro 7, 2014. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia #52 – Mulher no volante? Respeito Constante!

Hoje eu queria desabafar sobre uma coisa que me incomoda muito: O desrespeito dos motoristas homens com as motoristas mulheres.

Olha, não é porque eu não sei comprar pneus maneiros, que eu não sei dirigir. Não é porque sou mulher, que não sei me defender.

Já tiveram alguns casos bem curiosos:

Uma vez estava entrando numa rua e estava vindo um carro lá no fundo, quando ele me viu super acelerou, mas eu já tinha entrado porque ele realmente estava longe. Ficou com tanta raiva que começou a buzinar forte, acelerar pra cima do meu carro. Eu parei no sinal numa rua de apenas uma pista, mas mesmo assim ele parou do meu lado começou a gritar que eu era FILHA DA P. (deixa eu entender: eu sou filha da p. porque entrei na frente dele? Curioso, não?) e jogou o carro dele pra cima do meu pra entrar na minha frente. Nossa! Mas que orgulho ferido! Quando finalmente fez o que queria que era entrar na minha frente, eu bati palmas. Comemorei por ele. Não, ele não é Filho da P. por causa disso. Talvez seja por outros motivos, mas não por esse.

No outro dia, eu tava numa rua estreita parada esperando (não lembro o que). Vi um carro vindo e fui dando passagem pra ele, dando um jeitinho pra ele passar. Ele estava quietinho, quando viu quem estava dentro, começou a gritar, me xingando mais uma vez de FILHA DA P, PIRANHA, mandando eu tomar naquele lugar. Enquanto estava me xingando, foi entrando na garagem do prédio dele e eu quieta só ouvindo. Mas acreditam que ele não entrou pra ficar me xingando?

Porque é sempre assim, quando o outro vê que quem está sendo ofendido está quieto, se exalta mais. Vendo então que era uma mulher, ele começou a abusar.

Mas dessa vez não fiquei quieta. Abaixei o vidro do carro e comecei a gritar com ele no mesmo tom, perguntando se ele estava com algum problema. Ele ficou tão surpreso de me ver respondendo (realmente não esperava por isso), que arregalou o olho, ficou calado uns segundos e voltou a xingar.

Eu, sempre no mesmo tom, disse que ele não conhecia minha mãe pra me xingar de filha da p. e disse que eu tava dando espaço pra ele, o que mais ele queria? Ele levou outro susto  e voltou a xingar. Eu mandei ele entrar em casa e não encher meu saco. Foi isso que o esquentadinho fez.

Que isso! Nem me conhece pra falar essas barbaridades pra mim. Eu fazendo de tudo pra ajudar o cara e ele me tratando desse jeito? Desculpa, mas não levo desaforo pra casa. Tudo bem que depois que a adrenalina passa, o sangue para de ferver, eu começo a tremer e chorar. Mas no momento, eu fico firme.

Eu poderia ficar aqui contando inúmeros casos desse tipo, mas vou finalizar com o que aconteceu hoje. Fui atravessar uma rua com o carro e vinha uma moto laaaaaaaaaaaaaaaaaa no final, ele veio buzinando e quando eu já tava longe ele fez questão de parar pra me xingar.

Gente, pra que isso?

Eu nunca fui de sustentar meninas x meninos. Sempre achei isso rídiculo e não defendo causas feministas.

Mas eu ando de carro com meu pai dirigindo, meu irmão ou meus amigos e NUNCA vi esse tipo de atitude com um deles. E mais, quando eu tô dirigindo e com meu namorado do lado NUNCA também passei por nada parecido.

Por que isso? Tu se acha mais macho se for brigar com uma mulher? Saiba que tu não é macho, é babaca!

Se acha muito bom no volante? Tenta dirigir e se maquiar! 😉

Obrigada! Desabafei!

Atualizações sobre meu Controle Financeiro: Ontem fiz compras e comprei bastante coisa para deixar no trabalho e não gastar dinheiro com lanches. E também paguei todas as minhas contas do mês e fiquei triste por ter ficado pobre. Fui ver meu saldo no banco e MILAGRE! Fiz o milagre da multiplicação! Nossa, fiquei muito feliz. Esse lance de anotar os gastos e colocar na planilha realmente dá muito certo. 

Para falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Autoestima de hoje: Altíssima. 

O que me detonou: Motoqueiro abusado!

O que fiz de bom por mim: Controlei meus gastos e fiz o milagre da multiplicação

outubro 10, 2012. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. 2 comentários.