Dia #93 – Extremos

Só consegui aparecer aqui agora porque esses meus dias  foram corridos e conturbados.

Sexta à noite tinha convencido o príncipe a ir na academia comigo (temos um crédito na academia aqui do lado de casa). Nos arrumamos, mas passamos antes no mercado pra comprar algumas coisas pra lanchar e não ir de barriga cheia.

Quando pisamos no mercado, o celular dele toca e eu já sabia:

– É a sua vó, né?

– É.

A vó dele havia falecido.

Tanto eu, como ele (principalmente ele), levamos de boa. Já estávamos esperando por isso.

Ele resolveu os detalhes do enterro, fomos ao hospital encontrar a madrinha dele e o primo.

No dia seguinte foi o enterro e ele se manteve bem forte, me surpreendeu completamente. Eu não sei se conseguiria estando no lugar dele.

À noite foi o casamento da minha amiga de infância. Ficamos amigas quando tínhamos por volta de 4/5 anos. E foi amor à primeira vista. Nos conhecemos plantando uma árvore na nossa rua e hoje em dia essa árvore tá giga. Posso dizer que a nossa amizade foi eternizada no primeiro dia que nos vimos.

Os nossos pais foram amigos de infância, nossas tias amigas de infância, nossos irmãos que nunca se bateram rsrs, mas se conhecem desde a barriga.

O príncipe não estava muito animado pra ir. Mas eu, minha mãe e o pai dele o convencemos de ir. Para distrair um pouco a cabeça, não ficar em casa triste e pensando em besteira.

Esse dia foi o dia mais esquisito da minha vida.

O dia que chorei de tristeza e chorei de alegria. O dia que começou fechando um ciclo e terminou começando outro ciclo.

Se bem que, sempre que um ciclo se fecha, outro sempre se inicia.

Minha amiga estava maravilhosa. Eu cheguei um pouco atrasada, por conta da correria do meu dia, e quando cheguei ela já estava dentro do carro. Fiquei esperando do lado de fora da igreja para ser uma das primeiras a vê-la. Enquanto eu esperava ela sair do carro, eu me tremia toda de nervoso. E quando ela saiu…nossa senhora. Maravilhosa.

noiva-saindo-do-carro

Eu chorei junto com ela quando ela estava entrando na igreja. Chorei junto com ela quando ela disse as palavras de juramento do casamento.

Impossível não passar um filme na cabeça num dia desses. De todos os momentos importantes e sem importância que já passamos juntos durante uma vida inteira.

Quero que ela seja eternamente a pessoa mais feliz do mundo, assim como foi a noiva mais linda do mundo.

Minha irmã de alma, de coração, de tudo mais.

amiga-irma

Ah, me comportei até muito bem no casamento. Tomei metade de um refrigerante, porque quando cheguei tava doida de sede. Mas depois, à noite inteira, foi água. Não comi bolo, nem docinhos. E pra falar que não jaquei, provei um bombom. 🙂

Quando saímos, cada um ganhou amêndoas e bem casados. Já pedi para o príncipe esconder todas essas delícias de mim. Ele pode até comer as que eu ganhei, mas que não seja na minha frente porque será uma tortura.

Hoje conseguimos correr um pouquinho. Tô começando bem leve. Caminhei bastante e depois alternei 30 segundos de corrida com 1 minuto de caminhada.

Começamos o desafio 30 todo dia. Nesse desafio, temos que em 30 dias seguidos, fazer reeducação alimentar e, pelo menos, 30 minutos de atividade física. Ao final dos 30 dias, posta foto do antes e depois e diz quantos quilos emagreceu.

Baixei também alguns aplicativos pro celular que estou testando, depois falo sobre eles pra vocês.

E vamos continuar o foco, a autoestima, vamos trocar idéias, vamos nos incentivar.

Fiz um instagram para poder falar do meu dia-a-dia nessa nova fase de atividade física e dieta. Lá dou dicas também. @365diasmeamando Segue lá 😉

Se quiser, pode acompanhar também pelo Facebook. No Facebook, além dessas dicas, também posto outras dicas de autoestima e vocês também ficam sempre ligados nos posts. Curte lá: http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam 😉

Autoestima de hoje: Maravilhosa

O que me detonou: Hoje? Nada

O que fiz de bom por mim: Comecei a correr

setembro 29, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia #89 – O sofrimento às vezes é bom

Desde semana passada que estou querendo vir aqui escrever esse post, acabei adiando, adiando, mas acho que agora eu preciso escrever sobre isso.

adiar

Tenho visto pessoas queridas perdendo pessoas queridas, perdendo empregos, perdendo um monte de coisa. Eu mesma, perdi um amigo querido nesse final de semana. Uma morte repentina que deixou todos em choque.

Então aproveitei que o princípe não vai dormir em casa hoje. E pra ocupar a cabeça, vim escrever. Nesse mesmo período, no ano passado, minha cabeça estava com a mesma aflição, porque ele dormia no hospital com a mãe dele. E hoje eu vi essa história se repetir quando ele saiu de casa pra dormir no hospital com a vó dele.

A vó dele é bem velhinha, tá internada e os médicos disseram que provavelmente, ela não vai sair dessa.

E eu me volto ao meu antigo problema de não saber o que dizer a ele nesse momento e me sentir uma completa inútil e péssima namorada.

medo

Só que dessa vez eu tô mais madura, ele também. Estamos mais tranquilos. Bem mais, acho que nem tem comparação.

Falei pra ele beijar e fazer muito carinho nela, aproveitar muito esse tempinho junto com ela.

Mas continuando o assunto, na semana passada fiquei pensando no sofrimento que as pessoas passam, quando não se tem força nem para levantar da cama.

Fiquei pensando que sei como é isso. Olhei pra trás e nem acreditei que conseguimos passar por tudo aquilo, que na época tínhamos a sensação de que nunca teria fim a dor. Dá um alívio tão grande ver que vencemos, que nem sei explicar direito a sensação.

E aí que pensando nisso nesse dia fui pra aula de liderança. Minha professora de liderança é uma velhinha, com tom de voz baixo, movimentos lentos, óculos maior que a cara. Mas, sim! Ela dá aula de LIDERANÇA! Não consegue nem liderar a turma que não para de falar e fala mais alto que ela, mas sim! Ela dá aula de LIDERANÇA!

velhinha-oculos-grande

A aula dela é no último tempo da noite. Eis que ela apaga a luz e diz que vai passar um filme. Quando eu estava quase dando boa noite e deitando no fichário, resolvi prestar atenção no início do filme e foi a melhor coisa que eu fiz.

O filme era sobre o filósofo Nitzsche. E aos poucos, descobri que penso muito parecido com o que ele defendia.

Ele dizia que para conseguir algo que se queira, é preciso sofrer. Que dificuldades são normais, não devemos entrar em pânico ou desistir, porque não é o fim do mundo absoluto. Sempre há um novo mundo depois do fim do mundo.

friedrich-nietzsche

Todos nós nos beneficiamos do fracasso e da dor. Como apreciar o sucesso, se nunca tiver fracassado?

O jardineiro é um super exemplo disso tudo. Ele pega raízes feias e extrai a beleza delas. Faz nascer delas algo bonito. E é o que devemos fazer com nosso sofrimento, nossa dor, nosso fracasso. Devemos extrair algo de bom.

Nem tudo que nos faz sofrer, é ruim. Como nem tudo que nos deixa feliz, é bom.

Felicidade não é fugir dos problemas, é enfrentá-los e tirar algo bom deles. Então não tente fugir, de uma forma ou de outra, dos seus problemas. Não se afogue em um copo de cerveja, porque nela não está sua solução (Beijo SPC e Raça Negra).

E como todo mundo sabe, “Aquilo que não me mata, só me fortalece”. E agora, graças a Deus, eu estou bem mais fortalecida.

Beijos,

Nanda 😉

Para falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Queria dizer que tô muito contente. Estou recebendo e-mails e comentários de várias noivinhas. Algumas que dizem passar pelo mesmo caso que eu, outras que fecharam na mesma casa de festas. Vocês são lindas! Amo os e-mails de vocês e respondo todos.

E não esqueçam de curtir nosso Facebook. Sempre coloco fotos, mensagens lá. http://facebook.com/365diasmeamando

Autoestima de hoje: Boa

O que me detonou: Provas, provas, provas

O que fiz de bom por mim: Percebi que não fugi e estou fortalecida

setembro 24, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. 2 comentários.

Dia #88 – Habemus Data

Habemus Data!

Fumaca-branca

17 de Outubro de 2015 vamos casar. Fechamos a casa de festas ontem.

Nossa, 2015? Sim, 2015.

2 anos! Sim, era o que eu conseguia pagar.

2-anos

Uma amiga disse: “Nossa, até 2015 eu já morri”

Minha resposta: “Pra você ver, você morre e eu não acabo de pagar essa festa”.

“Ah, mas com esse dinheiro você faz muita coisa. Você viaja pra muito canto, você blablabla…”

Tá, eu sei de tudo isso. Meu pai mesmo já me disse que é a maior burrada que eu vou fazer na minha vida (não o casamento, a festa) e que ele não vai participar disso (financeiramente).

não

Mas quem não tem esse sonho, nunca vai entender.

Nunca vai entender o que é sonhar com isso quase que todas as noites quando coloca a cabeça no travesseiro.

Nunca vai entender o que é ficar planejando cada detalhe desse dia desde criança.

Nunca vai entender a emoção de ver um vestido de noiva.

vestidonoiva

Nunca vai entender a tristeza que fiquei no Domingo depois de fazer as contas e achar que não daria pra fazer a festa. Depois de quase desistir de tudo. Do quanto eu chorava compulsivamente e via o meu noivo chorar por achar que é culpa dele por não poder me dar tudo que eu quero.

Mas depois, com calma, fizemos novamente as contas, vimos aonde podíamos economizar e decidimos que daria pra fazer.

Ontem fomos fechar a casa de festas que tínhamos visitado no sábado e que eu já tinha ido no casamento da Samila (quem não sabe quem é Samila, leia o post anterior).

Mas tá aí, quem não tem esse sonho, nunca vai entender como eu fiquei ao sair da casa de festas. Como eu fiquei andando nas nuvens. É uma sensação que nem sei descrever aqui.

Pra quem quiser conhecer a festa, clica aqui no site e no Facebook deles.

elite

Fechei uma festa super pequena, só pra 100 pessoas. Falando assim, parece ser muita coisa. Mas pensa que eu só tenho “direito” a 50 convidados e que essa é quase a quantidade da minha família.

Acho que vou criar muitas inimizades fazendo essa lista de casamento. rsrs. Mas espero que entendam (se você está lendo isso e em 2 anos não for convidado, não fique com raiva de mim, não é porque eu não gosto de você). rsrs

Finalmente minha felicidade já tem data e, além de eu estar contando os dias, tenho um casamento inteiro pra resolver. ❤

— Espero conseguir falar de outro assunto, sem ser casamento, nesses 2 anos que vêm por aí rs —

Beijos,

Nanda

Pra falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Autoestima de hoje: Maravilhosa

O que me detonou: Enxaqueca dos infernos

O que fiz de bom por mim: Sou noiva. Finalmente vou realizar meu sonho

setembro 3, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. 10 comentários.

Dia 78 – Lá vem a noiva

Acho que quem acompanha aqui já sabe que vou casar. Sonhei com isso a minha vida inteira, com o momento em que eu enlouqueceria preparando as coisas pro grande dia.

Pois é, esse momento chegou. Mas não quero me precipitar.

Ando lendo muitos blogs de casamentos. Os meus blogs preferidos são o Casamenteiras (esse eu tô lendo todos os posts antigos, já estou na página 84) e Casando Sem Grana (esse tem idéias ótimas) – Vou colocar os dois na lista de blogs que leio que fica aqui no canto direito. Além disso, ando curtindo páginas no Facebook sobre esse assunto, vendo muitas fotos no Pinterest. Até baixei um aplicativo ótimo no celular, o Casando (tem um checklist perfeito que vai te dizendo a época que tem que fazer tal coisa).

casando

Claro que é muito dinheiro, mas dá pra economizar, sim.

Por isso eu tô pesquisando muito antes de me decidir pela casa de festas certa. É importante que saiba que não existe uma casa de festas CERTA, a perfeita para qualquer casamento. Quando digo sobre a casa de festas certa, digo a qual mais  te agrada em questões de decoração, serviços oferecidos, atendimento e que vai de acordo com seu orçamento.

Uma coisa muito importante que minha amiga disse é que se você não curtiu algo, mesmo que seja o mínimo detalhe, não fecha. O atendimento tem que ser maravilhoso. Você vai passar 1 ou 2 anos acertando detalhes com essa pessoa que vai te atender, você vai estar gastando muito dinheiro e ser mal atendida ou não gostar do serviço que está sendo prestado, não dá, né? Mais um motivo pra pesquisar MUITO!

Minha amiga me mandou uma lista de casa de festas do Rio de Janeiro. Eu, como uma fã de planilhas, fiz uma na qual que eu possa controlar se já solicitei orçamento, se já recebi esse orçamento, quanto é cada coisa, minhas observações sobre a casa, se já visitei e até se eu já a eliminei.

Ainda não visitei nenhuma casa. Estou buscando orçamentos para depois decidir aonde vou visitar.

casamento

Ah, muito importante antes de solicitar um orçamento, monte uma listinha de convidados. Completamente informal, não definitiva, apenas pra você ter idéia da quantidade de convidados.

Eu, por exemplo, só pretendo que seja em 2015. A maioria ainda não tem tabela de preços para 2015 e me responde que não tem preço. Isso me irrita profundamente, porque se ainda não tem pra 2015, manda a última data disponível em tabela. Estou apenas pesquisando, os preços variam, mas não tanto.

Então já preparei um textinho falando que pretendo me casar em 2015, mas se não tiver em tabela que me mande o preço que ainda tem em tabela apenas para que eu tenha uma idéia. Prontinho, só mando isso para as casas e nunca mais me estresso.

Mas não são todas que respondem aos e-mails. Outra coisa que não entendo: Como, nos dias de hoje, algumas casas não se preocupam em ter site, colocar fotos dos eventos e/ou verificar constantemente os e-mails?

Enfim, a parte boa é que vejo cada coisa maravilhosa, que eu fico louca e sonhando com o meu dia. Mas a maioria dessas casas lindíssimas está completamente fora do meu orçamento.

Inclusive, o que tem de gente querendo que eu desista dessa idéia não está no gibi.

Dizem que é futilidade. Que é apenas um dia. Que com esse dinheiro, eu faço uma viagem fantástica, faço não sei o que, faço não sei o que mais.

Confesso que isso me desanima horrores. Mas nada, nada vai me fazer desistir do MEU sonho.

Lembro de quando minha mãe tinha uma empresa de aluguel de toalha de mesas e íamos montar casamentos numa casa de festas maravilhosa. Lá é casamento de princesa. A noiva chega de carruagem. Eu sempre dizia: “Um dia ainda vou casar aqui……….com o HENRI CASTELLI!” hahahaha

Ok, a parte do Henri eu deixei de lado. Já tenho meu próprio princípe.

Beijos

Se você tiver alguma sugestão, dicas sobre casamentos, quiser que eu envie a planilha de casa de festas do Rio que eu montei ou falar sobre qualquer outro assunto, só mandar um e-mail para fernanda_carvalho@globo.com

Autoestima de hoje: Boazinha

O que me detonou: Mau humor, sono, cansaço

O que fiz de bom por mim: Ontem fui ao cine com o príncipe. Distraí a cabeça, ri muito.

abril 17, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.