Dia #93 – Extremos

Só consegui aparecer aqui agora porque esses meus dias  foram corridos e conturbados.

Sexta à noite tinha convencido o príncipe a ir na academia comigo (temos um crédito na academia aqui do lado de casa). Nos arrumamos, mas passamos antes no mercado pra comprar algumas coisas pra lanchar e não ir de barriga cheia.

Quando pisamos no mercado, o celular dele toca e eu já sabia:

– É a sua vó, né?

– É.

A vó dele havia falecido.

Tanto eu, como ele (principalmente ele), levamos de boa. Já estávamos esperando por isso.

Ele resolveu os detalhes do enterro, fomos ao hospital encontrar a madrinha dele e o primo.

No dia seguinte foi o enterro e ele se manteve bem forte, me surpreendeu completamente. Eu não sei se conseguiria estando no lugar dele.

À noite foi o casamento da minha amiga de infância. Ficamos amigas quando tínhamos por volta de 4/5 anos. E foi amor à primeira vista. Nos conhecemos plantando uma árvore na nossa rua e hoje em dia essa árvore tá giga. Posso dizer que a nossa amizade foi eternizada no primeiro dia que nos vimos.

Os nossos pais foram amigos de infância, nossas tias amigas de infância, nossos irmãos que nunca se bateram rsrs, mas se conhecem desde a barriga.

O príncipe não estava muito animado pra ir. Mas eu, minha mãe e o pai dele o convencemos de ir. Para distrair um pouco a cabeça, não ficar em casa triste e pensando em besteira.

Esse dia foi o dia mais esquisito da minha vida.

O dia que chorei de tristeza e chorei de alegria. O dia que começou fechando um ciclo e terminou começando outro ciclo.

Se bem que, sempre que um ciclo se fecha, outro sempre se inicia.

Minha amiga estava maravilhosa. Eu cheguei um pouco atrasada, por conta da correria do meu dia, e quando cheguei ela já estava dentro do carro. Fiquei esperando do lado de fora da igreja para ser uma das primeiras a vê-la. Enquanto eu esperava ela sair do carro, eu me tremia toda de nervoso. E quando ela saiu…nossa senhora. Maravilhosa.

noiva-saindo-do-carro

Eu chorei junto com ela quando ela estava entrando na igreja. Chorei junto com ela quando ela disse as palavras de juramento do casamento.

Impossível não passar um filme na cabeça num dia desses. De todos os momentos importantes e sem importância que já passamos juntos durante uma vida inteira.

Quero que ela seja eternamente a pessoa mais feliz do mundo, assim como foi a noiva mais linda do mundo.

Minha irmã de alma, de coração, de tudo mais.

amiga-irma

Ah, me comportei até muito bem no casamento. Tomei metade de um refrigerante, porque quando cheguei tava doida de sede. Mas depois, à noite inteira, foi água. Não comi bolo, nem docinhos. E pra falar que não jaquei, provei um bombom. 🙂

Quando saímos, cada um ganhou amêndoas e bem casados. Já pedi para o príncipe esconder todas essas delícias de mim. Ele pode até comer as que eu ganhei, mas que não seja na minha frente porque será uma tortura.

Hoje conseguimos correr um pouquinho. Tô começando bem leve. Caminhei bastante e depois alternei 30 segundos de corrida com 1 minuto de caminhada.

Começamos o desafio 30 todo dia. Nesse desafio, temos que em 30 dias seguidos, fazer reeducação alimentar e, pelo menos, 30 minutos de atividade física. Ao final dos 30 dias, posta foto do antes e depois e diz quantos quilos emagreceu.

Baixei também alguns aplicativos pro celular que estou testando, depois falo sobre eles pra vocês.

E vamos continuar o foco, a autoestima, vamos trocar idéias, vamos nos incentivar.

Fiz um instagram para poder falar do meu dia-a-dia nessa nova fase de atividade física e dieta. Lá dou dicas também. @365diasmeamando Segue lá 😉

Se quiser, pode acompanhar também pelo Facebook. No Facebook, além dessas dicas, também posto outras dicas de autoestima e vocês também ficam sempre ligados nos posts. Curte lá: http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam 😉

Autoestima de hoje: Maravilhosa

O que me detonou: Hoje? Nada

O que fiz de bom por mim: Comecei a correr

Anúncios

setembro 29, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia 78 – Lá vem a noiva

Acho que quem acompanha aqui já sabe que vou casar. Sonhei com isso a minha vida inteira, com o momento em que eu enlouqueceria preparando as coisas pro grande dia.

Pois é, esse momento chegou. Mas não quero me precipitar.

Ando lendo muitos blogs de casamentos. Os meus blogs preferidos são o Casamenteiras (esse eu tô lendo todos os posts antigos, já estou na página 84) e Casando Sem Grana (esse tem idéias ótimas) – Vou colocar os dois na lista de blogs que leio que fica aqui no canto direito. Além disso, ando curtindo páginas no Facebook sobre esse assunto, vendo muitas fotos no Pinterest. Até baixei um aplicativo ótimo no celular, o Casando (tem um checklist perfeito que vai te dizendo a época que tem que fazer tal coisa).

casando

Claro que é muito dinheiro, mas dá pra economizar, sim.

Por isso eu tô pesquisando muito antes de me decidir pela casa de festas certa. É importante que saiba que não existe uma casa de festas CERTA, a perfeita para qualquer casamento. Quando digo sobre a casa de festas certa, digo a qual mais  te agrada em questões de decoração, serviços oferecidos, atendimento e que vai de acordo com seu orçamento.

Uma coisa muito importante que minha amiga disse é que se você não curtiu algo, mesmo que seja o mínimo detalhe, não fecha. O atendimento tem que ser maravilhoso. Você vai passar 1 ou 2 anos acertando detalhes com essa pessoa que vai te atender, você vai estar gastando muito dinheiro e ser mal atendida ou não gostar do serviço que está sendo prestado, não dá, né? Mais um motivo pra pesquisar MUITO!

Minha amiga me mandou uma lista de casa de festas do Rio de Janeiro. Eu, como uma fã de planilhas, fiz uma na qual que eu possa controlar se já solicitei orçamento, se já recebi esse orçamento, quanto é cada coisa, minhas observações sobre a casa, se já visitei e até se eu já a eliminei.

Ainda não visitei nenhuma casa. Estou buscando orçamentos para depois decidir aonde vou visitar.

casamento

Ah, muito importante antes de solicitar um orçamento, monte uma listinha de convidados. Completamente informal, não definitiva, apenas pra você ter idéia da quantidade de convidados.

Eu, por exemplo, só pretendo que seja em 2015. A maioria ainda não tem tabela de preços para 2015 e me responde que não tem preço. Isso me irrita profundamente, porque se ainda não tem pra 2015, manda a última data disponível em tabela. Estou apenas pesquisando, os preços variam, mas não tanto.

Então já preparei um textinho falando que pretendo me casar em 2015, mas se não tiver em tabela que me mande o preço que ainda tem em tabela apenas para que eu tenha uma idéia. Prontinho, só mando isso para as casas e nunca mais me estresso.

Mas não são todas que respondem aos e-mails. Outra coisa que não entendo: Como, nos dias de hoje, algumas casas não se preocupam em ter site, colocar fotos dos eventos e/ou verificar constantemente os e-mails?

Enfim, a parte boa é que vejo cada coisa maravilhosa, que eu fico louca e sonhando com o meu dia. Mas a maioria dessas casas lindíssimas está completamente fora do meu orçamento.

Inclusive, o que tem de gente querendo que eu desista dessa idéia não está no gibi.

Dizem que é futilidade. Que é apenas um dia. Que com esse dinheiro, eu faço uma viagem fantástica, faço não sei o que, faço não sei o que mais.

Confesso que isso me desanima horrores. Mas nada, nada vai me fazer desistir do MEU sonho.

Lembro de quando minha mãe tinha uma empresa de aluguel de toalha de mesas e íamos montar casamentos numa casa de festas maravilhosa. Lá é casamento de princesa. A noiva chega de carruagem. Eu sempre dizia: “Um dia ainda vou casar aqui……….com o HENRI CASTELLI!” hahahaha

Ok, a parte do Henri eu deixei de lado. Já tenho meu próprio princípe.

Beijos

Se você tiver alguma sugestão, dicas sobre casamentos, quiser que eu envie a planilha de casa de festas do Rio que eu montei ou falar sobre qualquer outro assunto, só mandar um e-mail para fernanda_carvalho@globo.com

Autoestima de hoje: Boazinha

O que me detonou: Mau humor, sono, cansaço

O que fiz de bom por mim: Ontem fui ao cine com o príncipe. Distraí a cabeça, ri muito.

abril 17, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia #49 – Que sempre se tenha esperança

Nossa, eu tenho recebido cada e-mail lindo, fico tão feliz que quero dividir com vocês um pouquinho do carinho que recebo. Por isso criei aqui uma enquete, para saber se vocês querem que eu poste aqui os e-mails. Mas óh, todos os e-mails postados serão anônimos e, caso haja citação de nomes, serão modificados. Podem votar aqui:

Ontem mesmo, por exemplo, recebi um e-mail de uma amiga que acompanha aqui o blog e disse que lendo a história da minha sogra passou um filme na cabeça dela de tudo que passou quando o avô teve câncer. Um e-mail com detalhes lindos, mas o mais importante foi que ela disse que sempre pensou muito positivo, porque tinha certeza absoluta que tudo daria certo e deu.

E claro que não recebo apenas mensagens positivas. Recebi uma ontem dizendo que devia preparar a família do meu  namorado para o pior. Eu respondi que não, pelo contrário, estamos sempre esperando o melhor. Algumas pessoas, infelizmente, perdem grandissíssimas oportunidades de ficarem caladas. Mas não me deixo influenciar com pensamentos negativos, apenas os afasto de mim. Não serve pra nada, eu não absorvo. Simples assim!

É preciso que entendam que não estamos querendo fugir da realidade, mas pensamentos e palavras negativas não levam à nada, só fazem perder a esperança.

Então, se você gosta de alguém, mas realmente não se sente positivo ou com energias boas para passar adiante. Não fale nada. Você não vai estar enganando ninguém, apenas guardando seu negativismo com você, não o passará adiante. É a melhor coisa a ser feita, acredite!

Mas voltando ao e-mail lindo da minha amiga (e esse sim merece ser lido e relido diversas vezes com tantas palavras lindas de desabafo e consolo), respondi à ela que fez a coisa certa, se manteve forte e transmitiu alegria para o avô quando ele mais precisava. E que nós estamos assim e que temos a CERTEZA de que vai tudo dar certo, que nem nos passa pela cabeça o contrário. E não passa mesmo.

Bom, ontem a sogra voltou pra casa só à noitinha, mas voltou. Ufa! Menos uma etapa! Próxima, por favor!

Para falar comigo sobre esse e qualquer outro assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Ah, estamos no Facebook, clica aqui e curte!

Autoestima de hoje: Média

O que me detonou: Além do cansaço, saber que existem pessoas que simplesmente não conseguem ter pensamentos positivos

O que fiz de bom por mim: Vou no salão mais tarde. Dia de menininha é sempre uma delícia.

outubro 5, 2012. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. 2 comentários.

Dia #19 – Cuide bem dos seus irmãos

Ontem à noite fui numa palestra com a minha amiga. Eu adoro essas palestras, são ótimas. Sempre pego assuntos interessantes pra falar aqui no blog.

Sempre que vou em palestras gosto de anotar as coisas que acho interessantes. Mas ontem tava muito complicado, chato demais!

Não sei vocês, mas colocou um papel e uma caneta na minha mão e acrescentou um pouco de tédio……..começo a desenhar, escrever meu nome e por aí vai.

Eis que no meio do meu desenho, vejo que o cara do som estava dormindo na cara de pau. Escrevi um bilhete pra minha amiga, pra gente não precisar ficar conversando no meio da palestra:

Eu tenho vergonha alheia e você?

Mudando de assunto, hoje é aniversário do meu irmão. 20 anos, acredita? Nossa, tempo! Calma! Pra que tanta pressa?

Eu lembro que sempre pedia um “rimãozinho” pra minha mãe. Acho que quando ganhei, me arrependi. Lembro que no dia que meu irmão nasceu, meus pais me compraram uma boneca que vinha com uma certidão de nascimento. Não sei extamente o motivo. Pra eu não ficar com ciúmes ou pra eu ir cuidando de um bebê também?

Aí ele foi crescendo, me enchendo o saco. E eu juro que se pudesse devolver pra barriga da minha mãe, eu devolveria. Nossa, como a gente brigava e como isso era chato. Eu gostava de qualquer pessoa do mundo, menos do meu irmão.

Eu ODIAVA essa calopsita! Ela acordava às 5h da manhã e assobiava o hino do Flamengo desesperadamente

E ele foi crescendo, eu também. E uma coisa que eu pensei que nunca fosse acontecer, aconteceu: Nós somos amigos! Tipo muito amigos (apesar de meus pais não terem tanta ciência disso). Nós somos cúmplices.

Não, a gente não parou de brigar. A gente ainda se mata sério! Só não faz mais isso na frente dos nossos pais, porque eles se metem e sobra pra nós dois. Quando eles estão em casa, a gente briga sussurrando. Quando eles não estão em casa a gente briga se matando. E é sério! Semana passada ele pegou a poltrona pra jogar em cima de mim. rsrs. Ele disse que ia apagar meu número da agenda dele e que não ia mais me atender na vida inteira. 5 mins depois eu liguei pra ele e a gente conversou como se nada tivesse acontecido, como se ele não tivesse tentado me “assassinar” minutos atrás.

Costumo dizer que ele é a melhor pessoa para eu descontar minha TPM.

Isso é coisa de irmão mesmo ou nossa relação é esquisita mesmo?

Não deixando de comentar que hoje é sexta-feira 13 e sempre me traz sorte. 🙂

E mais, hoje é dia de Rock, bebê!

Texto de hoje: Filtro Solar (é velho, mas eu amo e não custa nada relembrar sempre)

Autoestima de hoje: Altíssima

O que me detonou: Meu bebê cresceu muito rápido

O que fiz de bom por mim: Amei meu irmão como nunca

julho 13, 2012. Tags: , , , , , . Uncategorized. 4 comentários.

Dia #18 – Quer romance compra um livro

Algumas pessoas vêm falar comigo que acompanham meu blog e me deixam realmente surpresa.  Amigos, primas e até a minha mãe (que nunca me disse que lê aqui, mas eu sei). Pessoas muito queridas que eu nem imaginava. Eu sou muito chata com isso, eu sei! Mas eu preciso agradecer o carinho que todos vocês têm comigo, as palavras lindas que me mandam e todo apoio para eu continuar com esse cantinho. E podem continuar mandando, hein! Meu e-mail é o fernanda_carvalho@globo.com.

Sabe, tenho uma depiladora que adoro e uma manicure que já se tornou minha amiga. Tenho mesmo porque são minhas, sou possessiva e é isso aí. rs. E as duas são engraçadíssimas, sempre me divirto muito quando estou fazendo a unha e me depilando (se é que é possível alguém se divertir enquanto sofre).

Outro dia a minha manicure tava lá em casa fazendo minha unha e começou a conversar comigo que o pai da filha dela é entregador de um restaurante de sushi e que outro dia ele passou na casa dela para deixar um remédio para a filha dela, mas tava ventando muito e adivinha o que aconteceu? O combinado de sushi que ele tava indo entregar caiu no chão e foi sushi pra tudo quanto é lado. Triste, né? Disperdício! Nada disso! Ele catou tudinho, entrou na casa dela e ficou limpando o sushi e organizando de novo na embalagem. Olha que delícia, que sushi mais temperadinho, hein!

Depois de muito insistir pra ela me contar o nome do restaurante, ela me disse (e óbvio que não vou dizer pra vocês). E eu juro pra vocês, era o mesmo restaurante que eu tinha combinado de ir nesse dia à noite. Sorte do dia: Eu fui lá e não pedi pra entregar em casa.

Minha depiladora também é ótima. Ela deve ter lá seus quarenta e poucos anos e se separou agora pouco. Ontem ela estava me contando que caiu no erro de conhecer um cara e que ele era ótimo, mas tinha um grave defeito: Era romântico! E palavras dela: “Ah, menina! Se eu quisesse romance, eu comprava um livro que era melhor”.

Meu Deus! Que mundo desapegado, senhor! Enquanto muitas (eu, por exemplo) sonham com um homem romântico, outras não curtem o gênero romance.

E você? Quando quer romance, compra um livro?

Enfim, enquanto isso vou me divertindo com as histórias dessas duas que fazem do meu dia melhor.

Texto de hoje: Pentada Violenta (Tô no clima de “quer romance , compra um livro”)

Autoestima de hoje: Alta

O que me detonou: Sabe aquele sono absurdo que você não consegue fazer nada direito?

O que fiz de bom por mim: Confirmei presença na festa de uma amiga querida! Ê!

julho 10, 2012. Tags: , , . Uncategorized. 2 comentários.

Dia #17 – Fechei o olho e o tempo passou

Não é de hoje que São Pedro está um fanfarrão. Sempre que eu combino praia, chove. Viagem, chove. Só porque no sábado disse que o final de semana estava lindo e que eu iria domingo andar de bondinho e visitar o cristo…..o que aconteceu? Choveeeu e um frio insuportável (dá licença? Eu sou carioca! 19º é um frio insuportável). Resultado: Não fui!

Ontem tive uma crise de gastrite tensa e meu dia se resumiu à dormir e ir ao hospital. Mas hoje já to 250%!!!!

Recebi duas notícias quase ao mesmo tempo. Uma muito ruim e outra muito boa.

A ruim foi ter que dar tchau…tchau não, um até breve…à uma amiga-irmã que estou acostumada a ver todos os dias o dia inteiro. Confesso que vai ser complicado olhar pra aquela mesa vazia, não ter com quem fazer aqueles comentários com os olhos. Sim, a gente se comunica com os olhos. Ai, vai ser difícil. Mas não posso chorar, não posso chorar! Respira fundo! Pronto! Nada acontece por acaso e eu sei que coisas maravilhosas aguardam por ela. Toda a sorte do mundo à você, amiga! Tô sempre torcendo muito por você.

Mas vamos falar de coisas boas? Vamos falar da Yogurteira Top Therm? (Desculpa, não me contive)

Lembra da minha amiga que vive por aí, pelo mundo? Essa que eu disse aqui. Então, ela me contou que vai casar em Outubro no civil na Itália. E que em 2014 eles estão vindo de vez para o Brasil e vão casar aqui, com direito à festa, vestido de noiva e Nanda entrando de madrinha.  Se eu fiquei feliz? Muito mais que isso! Nem acredito que vou ter minha melhor amiga de volta. E nem acredito que ela vai casar. Meu Deus! Outro dia a gente tinha 14 anos e a nossa maior aventura era ir de ônibus para o colégio (e acredite, era todo dia uma aventura diferente). Ok! Ainda bem que tem 2 anos para minha ficha cair.

Eu sei que é papo de velho e talvez alguns de vocês nem saibam o que é passar por isso, mas de vez em quando vocês se pegam pensando em como o tempo passa rápido.

Nossa, meu primo casou! A última imagem que tenho dele é rolando no tapete comigo pra ver quem puxava mais forte o cabelo do outro enquanto meus avós dormiam.

E minha amiga que teve filho? Outro dia a gente tava na Lapa derramando cerveja no nosso escapulário porque tinha que dar um gole pro santo. Isso depois de ter entrado em todos os “inferninhos” de lá.

E meu outro amigo que se formou em Direito em faculdade pública? No tempo do Colégio Pedro II ele só matava aula e colava pra passar.

É, o tempo é foda (pode falar isso aqui, Bial?). Ou você corre com ele ou ele engole você.

Texto de hoje: O tempo passa

Autoestima de hoje: Alta

O que me detonou: Olhar pra essa mesa vazia bem aqui na minha frente

O que fiz de bom por mim: Fui dar uma volta à pé  e sozinha pelo meu bairro (que é super gostoso, por sinal)

julho 10, 2012. Tags: , , , , , . Uncategorized. 4 comentários.

Dia #7 – Já bebeu sua água da paz hoje?

Oba! Chegamos a 1 semaninha de blog! Que delícia! Como tô amando esse retorno que vocês estão me dando! E querendo falar comigo, não esqueçam que meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Vou adorar recebeu seu e-mail. 😉

Bom, ontem na volta do trabalho estava no carro conversando com a minha amiga que pretendo procurar uma terapia porque não tenho conseguido controlar meu stress, tenho sido muito pouco paciente e compreensiva com as pessoas. E, na maioria das vezes, acabo sendo grossa sem querer.

O ponto é que o que eu falo para a pessoa é certo, meu raciocínio está corretíssimo, porém o jeito que eu falo não é o correto e por esse motivo perco a razão e a certa fica a outra pessoa. Mesmo que eu me arrependa depois, é sempre mais forte que eu. E depois eu fico pensando que eu não deveria ter falado assim, nem feito uma tempestade num copo d’água e que, de repente, uma conversa na boa resolveria fácil a questão.

Sendo que isso tá me atrapalhando tanto pessoalmente como profissionalmente. Algumas pessoas não entendem esse meu jeito e acabam me olhando torto por aí, me achando a vilã da história. Sendo que isso não condiz com quem eu sou, com a minha personalidade. Mas ao mesmo tempo, eu disse à ela que eu não sabia como fazer o contrário. Não conseguia simplesmente ficar calada,  pensar uma coisa e não responder. Principalmente, nos momentos de raiva.

E aí que depois do trabalho, nós fomos em um outro centro espírita. E como eu nunca consigo ficar em silêncio antes do culto começar, minha amiga mandou eu ler um texto do Chico Xavier. O texto resumidamente fala sobre a água da paz que ajuda nesses casos de impulsividade que você tem vontade de falar o que te dá na telha. A água da paz pode ser aquela mesmo que sai do seu filtro. Nesses momentos de raiva, você coloca a água na boca e a mantém ali até que a vontade de falar passe.

Eu simplesmente adorei esse texto, achei que tinha tudo a ver comigo e decidi que vou sempre andar com uma águinha da paz por perto.

Mas pensando bem, tem muita gente precisando de uma água da paz por aí, não é mesmo?

Texto de hoje: Água da Paz

Autoestima de hoje: Alta

O que me detonou: Nada

O que fiz de bom por mim: Bebi um gole de água da paz

junho 22, 2012. Tags: , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia #6 – Parte 2 – Aonde está seu melhor amigo? O meu tá pelo mundo

Estava vendo as estatísticas do blog e reparei que além das visitas do Brasil, o blog teve 4 visitas da Itália. Fiquei super feliz, mais ainda por lembrar que essas visitas são de uma amiga que mesmo de longe sempre está muito perto. Todo mundo tem uma melhor amiga, né? Pois é, mas a minha trabalha embarcada num navio. 😦 Morro de saudade, mas acredito que esse cantinho vai servir pra fazer a gente se sentir mais próxima uma da outra. Não esqueço de uma frase que ouvi uma vez na novela “Um Anjo Caiu do Céu” (quem lembra dessa novela? Eu amava): “Para estar junto, não precisa estar perto e sim do lado de dentro”.

Essa minha amiga, a Rafaela, vulgo “best”, quando está no navio não tem acesso à internet, mas sempre que aportar em algum lugar ela disse que vai correr pra ler todas as atualizações de uma vez só. Tem amiga mais amada que essa? Aposto que não! (Ei, amigas, nada de ciúmes, hein!)

Até quando ela descobriu que ia começar a trabalhar nesse ramo, chutando uns 4 anos atrás, foi uma situação bem engraçada. Eu estava no shopping e ela me ligou aos prantos, dizendo que estava com medo de largar tudo pra trás, que era um risco e que ia ficar com saudade de todo mundo. Eu, como uma boa melhor amiga, dei a maior força, disse pra ela se acalmar porque era uma puta oportunidade, ela ia conhecer o mundo todo e ia ser incrível. Pronto! Trabalho completo! Amiga parou de chorar! Ufa!

Mas até a melhor das melhores amigas, precisa de uma melhor amiga também, correto? Me fiz entender? Cheguei em casa e liguei para ela chorando de soluçar (sim, eu choro que nem a Chiquinha quando tô desesperada, ninguém entende nada) falando que eu ia morrer de saudade e nem sabia como ia me virar sozinha aqui (nós nunca tínhamos ficado 1 semana sem se ver, sempre moramos perto e sempre fizemos TUDO juntas). Ela, que tinha dormido de tanto que tinha chorado, me respondeu que eu ficasse bem, ficasse calma, que ela me traria uma caneca. OI? UMA CANECA? Então é isso que vale nossa amizade? Chorei mais ainda, mas dessa vez de ódio!

A Rafa vem 1x ao ano pro Brasil e fica aqui, no máximo por 3 meses. A saudade que eu sinto dela é uma coisa descomunal. E não, ainda não aprendi a me despedir dela. Pelo contrário, é cada vez mais díficil dizer tchau. Mês passado ela foi embora e eu nem disse tchau direito, de tanta dor que eu tava por dentro. Morro de inveja de quem tem seu melhor amigo pertinho de si. Aproveitem muito eles.

Rafa, esse é pra você. Volta logo. Saudades. Beijos!

junho 21, 2012. Tags: , , , , , . Uncategorized. 6 comentários.

Dia #6 – Minha mãe tá no Facebook…o meu pai também

Antes de começar a escrever sobre o dia de hoje, queria agradecer à todos que têm comentado aqui, vindo falar comigo por sms, Gtalk, Facebook, etc. A opinião de vocês sobre esse cantinho é muito importante pra mim.

Inclusive, fiquei muito feliz que um amigo muito querido aderiu à minha sugestão do filme “Sim, Sr” que eu dei aqui. E, segundo ele, se amarrou no filme. Então fica a dica, hein!

E quem quiser falar comigo, fique à vontade para dar dicas, sugestões, reclamações ou até mesmo contar casos que tenham acontecido com vocês. Meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Fico no aguardo do recado de vocês.

Bom, hoje eu queria falar para vocês dos meus pais modernos. Melhor dizendo, dos meus pais tentando ser modernos.

Minha amiga disse que deveria ser proíbido que mães tivessem Facebook. Nossa, eu discordo muito! Eu me divirto com meus mais tentando ser tecnológicos.

Eu tenho um amigo que mora em BH e quando ele vem aqui no Rio, todo lugar que ele vai, ele me marca no Facebook. Uma maneira dele dizer que gostaria de estar comigo nesse lugar. Pois bem, num dia à tarde, em que eu estava no trabalho, ele me marcou na praia de Copacabana (quem dera). Minha mãe não perdoou e comentou no status dele (ela nem conhece o sujeito): “FERNANDA, POSSO SABER O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO AÍ A ESTA HORA??????”. E aí? Até explicar que nariz de porco não é tomada…

Meu pai também é muito bom no Facebook. Ele essa semana veio falar comigo no bate-papo do Facebook. Eu mandei pra ele um “huahauahuahaua” e ele, meio confuso, foi perguntar pro meu irmão que “porra” era essa que eu tava latindo pra ele.

Era dia de pelada

Continuando no meu pai, outro dia ele me viu e disse “E aí, piriguete”. Eu perguntei se ele sabia o que queria dizer piriguete, ele disse que não, mas que achava a palavra engraçada. Aconselhei à ele não chamar as pessoas de piriguete, principalmente minha mãe, né?

Ai, apresentaram para a minha mãe o Whatsapp e o BBM. Senhor, por queeeee, meu Deus?

Eu tenho o costume de deixar o celular no silencioso (só acendendo a luz, sem vibrar, nem nada). Um dia peguei no sono e acordei e tinham 12 ligações perdidas da minha mãe (sem exagero, eram 12. Sente o meu desespero?). Não satisfeita, ela mandou sms, e-mail, whatsapp (para meus dois celulares), BBM e inbox. Tenho uma testemunha que não me deixa mentir e nem aumentar o fato. Enfim, liguei pra ela e disse que ela podia liberar os bombeiros, porque eu estava viva, eu só tinha cochilado.

Ok, é um exagero, mas qual mãe não é exagerada? Será que eu vou ser exagerada quando for mãe? Eu espero que eu não seja, mas eu dúvido que isso não aconteça.

Enfim, mesmo tendo pessoas que odeiam os pais conectados e moderninhos, eu AMO! Me divirto horrores e quero mais que eles divirtam também. Essas são só algumas histórias de muitas que tenho minhas e dos meus amigos. Você tem alguma história dessa?

Preciso compartilhar com vocês o comentário do Rapha,  porque essa história é muito boa também:

“…

Eu e Nanda de vez em quando, debatendo os assuntos da vida, dinheiro, profissão etc, eu falo “aaah, qq coisa vou ser garoto de programa!!” rs.

Um dia a Nanda veio com um papo de que ia “montar uma agência” e que me ofereceria uma vaga… rimos e tal, td bem…
Depois eu comentei algo na minha timeline e a Nanda veio com um “Ninguém mandou vc não aceitar a minha oferta de emprego!”

O que aconteceu!?!?
Minha mãe leu e veio “Garoto, vc tá recusando emprego? A menina disse q te ofereceu emprego e q vc recusou!”
Olha, quase rolei no chão de tanto rir!! Até eu conseguir ter fôlego para explicar tudo, ela ficou olhando p minha cara sem entender nada…
Aí eu falei “porra, é brincadeira, era p ser garoto de programa numa agência q ela quer montar!!”
Minha mãe “aaaaah, tá…”

Sério, definitivamente, eles não podem ter facebook!!!!!!!!!!!!!!
hauhauahuahauhauahuahauahu

…”

Texto de hoje: Reconhecer os erros é uma virtude 

Autoestima de hoje: Média

O que me detonou: Me tocar que o problema pode estar em mim, não nos outros

O que fiz de bom por mim: Tentando não ser orgulhosa e reconhecer esse problema.

junho 21, 2012. Tags: , , , , , . Uncategorized. 9 comentários.

Dia #3 – Fresca ou P…?

Fui almoçar com uma amiga minha e estava contando à ela sobre uma conversa que um dia tive com o meu irmão, em que falávamos de duas namoradas de amigos dele e eu comentei que as meninas de hoje em dia são muito frescas, cheias de vontade. Foi quando ele disse o seguinte: “Mas é por isso que eu não tô namorando. Odeio mulher fresca, não tenho paciência. As mulheres maneiras são todas p…”.

Daí eu e minha amiga chegamos a conclusão que é verdade e que, hoje em dia, não existe mais meio termo. Ou é fresca ou é p…

Pensei! Pensei! Pensei! Então eu sou p…? Porque não tenho nada de fresca, isso passa longe de mim e, assim como meu irmão, não tenho paciência com frescura.

Falei para a minha amiga dessa minha conclusão ela disse ela também estava mais para p… do que fresca. E me contou de uma imagem que estava rolando na internet que achei bem legal. “Se ser cachorra é ser livre, então late que eu tô passando”. Confesso que ri alto com essa frase e achei sensacional. Concordo em número, gênero e grau.

E você? Se encaixa no grupo das frescas ou das p…?

Texto de hoje: Se ser cachorra é ser livre, então late que eu tô passando!

Autoestima de hoje: Alta

O que me detonou: Péssimo atendimento aonde fui almoçar. Detesto ser mal atendida. Tira meu humor

O que fiz de bom por mim: me inscrevi num curso de fotografia

junho 18, 2012. Tags: , , , , , . Uncategorized. 3 comentários.