Dia #101 – Príncipe pai

Hoje, 11/02/14, completo 1 ano e meio de namoro com o príncipe pai (mesmo parecendo que são uns 5 anos que estamos juntos).

Incrível, mas tem 1 ano e meio apenas que a minha vida mudou completamente.

Costumo dizer que a gente brigava muito mais quando não namorávamos ainda (quase todo dia e era sempre bem sério). E olha que foram 5 meses dele me enrolando ficando. Acho que eu era muito insegura do que ele sentia e ele era muito fechado, daí ficava difícil mesmo. E por brigar muito, ele que ficava inseguro de começar o namoro (bem, pelo menos, foi isso que ele disse algumas horas antes da gente começar a namorar).

aniversario

Hoje em dia a gente quase não briga. E quando briga, eu brigo sozinha. Porque ele me deixa falando e fica só me olhando (com aquela cara de que sou maluca, sabe?). Tem coisa mais irritante? Não! Então até evito brigar pra eu não me estressar sozinha. rsrs

Acho que a sensação que tenho de estarmos há muito mais tempo juntos se deve pelo fato do nosso início de namoro não ter sido nada convencional, ter sido muito intenso. Logo que começamos o namoro, descobrimos o câncer na mãe dele e foi tudo muito rápido.

inicio-de-namoro

Isso nos uniu muito, estávamos sempre juntos. Contei tudo aqui pra vocês, lembra?

Quando ela faleceu, não tinha coragem de deixá-lo sozinho nem por um minuto e fui ficando na casa dele, até quando nos vimos comprando uma cama de casal.

Ele me pediu em casamento. Mentira, pediu nada (pediu nem em namoro, meus amigos que pediram rsrs). Me deu a aliança e disse que eu sabia o que era. Ou seja, estou esperando o pedido até hoje.

pedido-casamento

Fechamos os detalhes do nosso casamento, da realização do meu sonho, mas faltando 1 semana exatamente para completar 1 ano de falecida, a minha sogra mandou o João de presente pra gente.

Doeu muito, mas tive que cancelar tudo do casamento, pois o dinheiro não iria dar.

Não me arrependo de absolutamente nada do que aconteceu e vem acontecendo na minha vida. Não mudaria nenhuma vírgula.

O meu filho é a consequência mais linda que isso tudo poderia gerar. Nunca imaginei minha vida assim, nunca imaginei sentir algo assim. A construir uma família é a melhor sensação do mundo.

construir-familia

E o amor e admiração que eu tinha pelo príncipe pai só aumenta. Às vezes na hora de dormir, fico olhando pra ele já dormindo e agradeço a Deus por ter encontrado o amor da minha vida ainda nessa vida, não é louco? Tem gente que passa pela vida e não o encontra. Mas eu sei que esse amor não é dessa vida e nem acaba nessa vida.

Fico com tanto medo de acontecer alguma coisa a ele que me dá vontade de chorar.

Não é porque é meu noivo, mas é uma das melhores pessoas que conheço no mundo, de coração bom. Cuidou da mãe como ninguém, cuidou da vó, cuida muito bem de mim e do João, dos tios avós. Não sabe dizer não pra ninguém (e isso me irrita às vezes). Dedicado no trabalho.

Amo ver quando faz carinho na minha barriga, faz cosquinha nela pra brincar com o João, quando conversa com ele, enche a barriga de beijo. Tenho certeza que meu filho não poderia ter outro pai, porque ele já exerce esse papel lindamente.

Descrevo isso como um amor e admiração tão fortes, que chega a doer o peito. Deve ser porque tá quase transbordando, né?

me_completa

Enfim, feliz 1 ano e 6 mesinhos pra gente. Nosso presente tá chegando aí.

Beijos,

Nanda 😉

Não esqueça de acompanhar a gente no Facebook. Curte lá: http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam ;)

Anúncios

fevereiro 11, 2014. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia #98 – Meu diário de gravidez

Dia 30/01, foi meu aniversário. Eu amo fazer aniversário. E esse ano foi com gostinho especial. Meu presentinho, que completou 21 semanas nessa quarta-feira.

Já passamos da metade. Meu príncipe chega no meio de Junho, talvez em dia de São João (por isso o nome dele). Apesar de contarmos 9 meses de gestação. O correto são 40 semanas de gestação (algumas pessoas dizem 42, mas vou me informar direito com a minha médica nesse mês). O que completa quase 10 meses.

Tudo que podia acontecer, já aconteceu. Tive muito enjôo nos 3 primeiros meses, tenho muita azia, espinha, estrias já estão nascendo na barriga (mesmo eu passando óleo 2x ao dia). Pra completar, no dia 04/01, eu estava descendo as escadas, escorreguei no chinelo e bati com o coquix na quina da escada. Uma dor insuportável. Não conseguia nem ir ao banheiro sozinha, muito menos sentar. Estava de licença e só voltei a trabalhar agora, dia 28/01.

Ainda não sento direito, só na pontinha da cadeira ou de lado. Ainda sinto muitas dores à noite. Mas já to bem melhor.

Minha médica disse que eu posso ter fraturado o coquix, mas isso a gente nunca vai saber. Porque, por conta da gravidez, não posso fazer raio x. E mesmo que tivesse fraturado, não tem como engessar. Também não posso tomar nenhum antiinflamatório para melhorar mais rápido. Só muito gelo e novalgina pra aliviar (bem pouquinho) as dores.

Andei pesquisando e machucar o coquix é uma das piores coisas que tem. Porque o coquix não serve pra nada, só pra doer. rs

Bom, mas voltando pra parte boa. Um dia acordei e minha barriga tinha crescido absurdamente. É sério, foi do nada mesmo.

gravida

Foto hoje antes de sair de casa

 

A barriga é bem pesada, não só por conta do bebê, mas por conta de todo o líquido que tá dentro do útero. Pra ajudar, eu comprei uma faixa que é “Deus na Terra”. Ela segura a barriga e alivia o peso a e dor na hora.

gravidez-faixa

 

A que eu comprei foi esse modelo que custou por volta de R$60,00. Comprei no Shopping 45 (Tijuca), numa loja de gestante que tem no 1º andar (também tem uma loja de gestante no subsolo).

Só que, além de não ser nada confortável, tem 1 problema muito sério. Ela solta enquanto a gente anda. Isso é uma droga, porque você tá no meio da rua e do nada a parada solta.

Eu vou costurar uns ganchinhos pra prender melhor. Mas se alguém tiver dicas de outros modelos que são mais confortáveis e não soltem, por favor, me digam.

Tô amando essa fase, to curtindo muito meu barrigão. Converso muito com meu príncipe João, faço muito carinho nele.

É uma ligação tão forte. Eu sinto quando ele está prestes a se mexer. Isso é uma delícia. Ainda não dá pra sentir colocando a mão, só por dentro mesmo.

Mas essa semana o ‘príncipe pai’, conseguiu sentir uma cosquinha quando encostou a mão. Ele ficou todo bobo, parecia uma criança recebendo cosquinha na mão. É tão bom ver esse amor crescendo cada vez mais. Entre nós três.

Eu tô muito ansiosa e essa ansiedade só aumenta. Esses dias, sonhei que o João nascia e não tinha nada pronto ainda. Nem quarto, nem bolsa, nem nada. Eu ficava angustiada no sonho.

Mas deve ser porque ando com o sentimento que ele não vai esperar até Junho. Não são pensamentos negativos, não. Também não sei explicar o que é, eu apenas sinto isso, como eu sentia que seria menino.

O Leandro disse que eu tenho que controlar minha ansiedade, até roer unha eu tô roendo, mas como eu vou fazer isso?

É tanta coisa na cabeça. Será que vou dar conta do recado?

Um amigo me disse no final de semana que tem certeza que eu vou ser uma mãezona e foi a melhor coisa que alguém disse pra mim nos últimos tempos. Porque farei de tudo pra ser uma mãezona.

Um beijo,

Nanda 🙂

Não esqueça de acompanhar a gente no Facebook. Curte lá:http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail éfernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam ;)

Autoestima de hoje: Maravilhosa. Tô inchada, cheia de espinha, com a raiz do cabelo gigante, mas me achando linda 

O que me detonou: Trabalho só

O que fiz de bom por mim: Fui fazer os exames que estou enrolando desde novembro pra fazer

fevereiro 7, 2014. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia #97 – A difícil vida a dois

Ai, essa vida a dois tem momentos tão românticos.

vida-a-dois

Acordo cedo num puta humor.

E agora acordo também muito enjoada, escovar os dentes é a pior hora do dia, parece que to enfiando o dedo no fundo da garganta pra vomitar. Quase sempre vomito. Na verdade, quase sempre vomito por tudo agora. Nunca vomitei tanto na minha vida. Qualquer coisa nojenta que vejo, qualquer cheiro forte, tem me feito vomitar.

Mas continuando, acordo, me arrumo pra ir trabalhar e começo a arrumar a cama.

Nisso, Leandro entra no quarto e senta na cama pra calçar o sapato (vocês leram aqui em cima que eu tava arrumando a cama?????).

Leandro: Amor, o cara lá do trabalho disse pra namorada dele que agora só falta eles peidarem um na frente do outro pra quebrar o gelo. E ainda perguntou pra ela quem ia tomar iniciativa. hahahaha. Muito louco, né?

Eu: Nossa, por que ele disse isso? Eles estão namorando tem pouco tempo?

Ele: Nãooooo. Tem um ano. Ele que é doido mesmo.

Eu: É mesmo.

Silêncio.

Ele começa a rir: Aí o outro disse que ele e a mulher dele não tem disso. Que eles fazem cocô de porta aberta, um entra no banheiro enquanto o outro ta fazendo cocô. hahaha. Só dá louco, né?!

Mais silêncio.

Ele ri sozinho.

Eu: O que foi Leandro? Você não foi falar lá no seu trabalho que eu fico peidando na sua frente, né?

Ele: CLAAAAAARO, QUE NÃO, NÉ AMOR?!

Eu: Ahhh, ta!

Ele: Foi quase isso

Eu: O-que-você-disse?

Ele: Eu disse que teve um dia que eu mandei um peidão tão bizarro, que você não aguentou, foi correndo vomitar. hahahahahah

Senhoras e Senhores, esse é o pai do meu filho.

Beijos, Nanda

😉

Não esqueça de acompanhar a gente no Facebook. Curte lá:http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam ;)

dezembro 19, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.

Dia #96 – Quando tudo muda

É incrível como nossa vida muda desde o primeiro minuto que descobrimos que estamos grávidas.

descobrir-que-esta-gravida

Primeiro porque, no início, é difícil pra caramba. Passei muito mal, de um jeito que nunca passei. Ainda passo um pouco, mas já está muito melhor.

Cada dia é totalmente diferente do outro. Você não sabe mesmo que te espera, você descobre uma nova dor, uma nova ala no hospital, uma nova mudança no seu corpo.

hospital

E eu que sempre prezei o hoje, o viver somente o hoje, sem pensar no futuro, me vi fazendo planos. Não só me vi, como só me vejo fazendo planos.

Na verdade, quase não penso mais no presente. Sempre me vejo perdida no futuro.

Bate um medo incrível. Medo de não dar conta do recado. Uma pessoa depende de mim agora e eu mal sei dar conta da minha vida.

medo-de-ser-mae

Me faz pensar a todo momento na minha carreira, é isso mesmo que eu quero? Mas o que será mesmo que eu quero? Mas o que eu quero, vai me sustentar? Vai me fazer crescer?

Me faz meter as caras em tudo. Me sinto mais motivada pra tudo, até pra acordar cedo que nunca consegui.

Agora, uma coisa não posso negar. Me faz ver a vida bem mais bonita.

Agora eu sempre vejo o que as pessoas têm de bom. Que elas não são tão ruins quanto parecem. Tenho me poupado das coisas ruins e me focado nas coisas boas que as pessoas fazem.

lado-bom

E não digo isso só de pessoas próximas. Digo isso também das notícias que vemos por aí.

Tenho mais esperança na humanidade agora. Porque eu carrego um pouquinho do futuro dentro de mim e vou fazer com que ele seja uma diferença.

Vejo agora as coisas ruins que acontecem, não como coisas ruins, mas como oportunidades para a minha vida. Basta eu ser inteligente o suficiente para agarrá-las.

A vida é muito louca. Então não fale que ela é uma porcaria só porque andam acontecendo coisas ruins com você, porque você não sabe o dia de amanhã, o que está guardado pra você.

Em Novembro do ano passado estávamos muito mal. Perdemos minha sogra e meu tio e isso desestabilizou legal a todos. Achávamos que Novembro estaria marcado para sempre como uma época ruim. E foi aí que a vida nos mostrou que não podemos simplesmente prevê-la.

TRISTEZA

Exatamente 1 semana para completar 1 ano de falecimento da minha sogra, descobrimos a minha gravidez. Certeza de que ela que enviou esse presente pra alegrar nossas vidas.

O nome de menina, seria Joana. Porque eu sempre gostei desse nome, sempre fui fã de joaninhas. E também porque minha sogra se chamava Joana (Joana D’arc, nome de guerreira).

Quando descobrimos que talvez nasça no dia de São João, 24/06, decidimos que se fosse menino, seria João. Só depois nos tocamos que Joana é feminino de João.

É um menino, é o meu João. João puro, sem nome composto, simples.

E o João veio salvar minha vida. Veio me mostrar que não preciso tentar ser perfeita, porque nunca vou ser e nem preciso ser.

Beijos,

Nanda 😉

Não esqueça de acompanhar a gente no Facebook. Curte lá:http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail éfernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam ;)

Autoestima de hoje: Melhor não há

O que me detonou: Medo

O que fiz de bom por mim: Não tentando ser perfeita

dezembro 18, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. 2 comentários.

Dia #95 – O post mais importante da minha vida

Como eu já tinha contado aqui, eu estava fazendo dieta. Nos primeiros quinze dias eu emagreci bem, estava super feliz. Então, comecei engordar, mesmo seguindo minha dieta direitinho. Comecei a ficar super desmotivada, sabe?!

desmotivada

Procurei uma endocrinologista que me passou uns exames, mas antes de fazer esses exames comecei a passar muito mal, ficava tonta do nada, vomitava aí passava, aí do nada voltava.

Um dia no ônibus me veio na cabeça que eu poderia estar grávida, liguei pro príncipe e pedi pra ele comprar um teste de gravidez na farmácia que não precisasse ser a primeira urina da manhã, já que sou muito ansiosa e jamais aguentaria esperar.

Chegando em casa, ele tinha comprado e quando eu abri estava escrito que precisava ser a primeira urina da manhã. O príncipe foi putíssimo na farmácia pra falar com o cara (acredito ser o farmacêutico) e ele disse que mesmo que tivesse escrito que era a primeira urina da manhã, não precisava ser.

teste-gravidez

Ok, se ele estudou pra isso e está dizendo, quem sou eu pra questionar? Fiz o exame. Ufa! Negativo!

E eu acreditei fielmente nisso porque andava com dor nos seios, cólica e um leve sangramento como se fosse de início de mestruação. Mas nunca que descia a bendita.

Fui na ginecologista, porque pensava se tratar de um problema de hormônios. Ela me passou um exame de sangue, o Beta  HCG, para ver se eu estava grávida, caso não tivesse, ela me passaria os exames dos hormônios.

Ok! Assim o fiz.

A moça me disse que até 16h o exame saía na internet. 16h nada. 17h nada. 19h nada. 21h nada. Desisti.

ansiedade

Fui no futebol do príncipe e deixei isso pra lá.

Antes de dormir, tava mexendo na internet e lembrei do exame. Vou lá ver. Vai que….

Tinha saído. Legal!

Se fosse abaixo de 25 mIU/ml era negativo.

Eu estava com 30.0000 mIU/ml e poucos.

Comecei a chorar horrores, o príncipe veio ver o que era. Mandou eu ficar calma e eu só sabia chorar e chorar. Ele pegou o computador e ficou olhando o exame sem falar nada.

Cansei de tanto chorar e falei que ia dormir, ele (que ainda tava olhando o exame mudo), fechou o computador, sentou na beira da cama e ficou olhando a tv sem som (hoje ele jura por tudo que a tv tava com som, só se for na cabeça dele) sem falar nada.

Pois eu acordei no dia seguinte e estava ele em silêncio se arrumando pra trabalhar e assim, me deu um beijo e saiu sem falar nada.

Pronto! To grávida e vou ficar viúva (ou solteira).

Enquanto isso, eu chorando. Não sabia como contaria isso pra minha mãe (não sem ela me matar). Não me aguentei e liguei chorando horrores. Ela me surpreendeu, disse pra eu ficar calma e que ela tava feliz por ganhar um neto.

Ufa! Isso me tranquilizou 15%. Porque eu ainda tinha o problema de um noivo (e pai da criança) catatônico.

catatonico

Mas, como um passe de mágica, ele voltou ao corpo e à noite já era ele de novo e já estava fazendo carinho na minha barriga. E nunca vou esquecer desse momento, o nosso primeiro momento juntos, só nós três.

Não, mas ainda não foi nesse momento que caiu minha ficha que estava grávida. E, na real, ainda não caiu completamente. Estar grávida é cair um pouquinho de ficha cada dia que passa, um dia completamente novo, que não sabemos o que nos espera no amanhã.

Beijos,

Nanda 😉

Não esqueça de acompanhar a gente no Facebook. Curte lá:http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam ;)

Autoestima de hoje: Maravilhosa

O que me detonou: Enjoo

O que fiz de bom por mim: Feliz demais

novembro 29, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. 3 comentários.

Dia #80 – Manuela vem aí

Como eu prometi nessa semana, estou postando algumas das fotos que tirei no Domingo passado no Jardim Botânico:

gravidez

pais

Manuela nem chegou, mas já é muito amada

Manuela nem chegou, mas já é muito amada

gravida

Minha preferida :)

Minha preferida 🙂

papais

gravida

pais de primeira viagem

gravidez

Minha preferida (2)

Minha preferida (2)

Para ver mais fotos e conhecer melhor meu trabalho, só curtir o Facebook do Joaninha Fotografia.

Beijos e não esqueça de curtir a FanPage daqui do blog bem no cantinho à direita, hein! 😉

Para falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Autoestima de hoje: Boazinha

O que me detonou: Trabalho

O que fiz de bom por mim: Vacilei, não fiz nada de bom por mim hoje. Prometo que amanhã compenso.

abril 27, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.