Dia #92 – Tem que começar primeiro em mim

Nunca achei que fosse ter coragem pra falar sobre isso aqui (nem em outro lugar), mas tomei essa coragem hoje.

leao_alice_no_pais_das_maravilhas

Ontem, depois do que falei sobre ser mais saudável, resolvi me pesar (coisa que eu não fazia há séculos).

E para meu espanto, eu estava com 101,4Kg.

Nunca pesei isso na vida. Aos 15 anos, eu pesava 60kg. Nessa época minha mãe, minha tia e minha vó falavam que eu era gorda, que eu tinha que emagrecer. Enchiam a minha cabeça.

visa-distorcida-espelho

Hoje eu tenho a consciência de que eu tinha uma visão completamente distorcida de como era meu corpo. Mesmo as minhas amigas falando que eu não era gorda, que nem barriga eu tinha. Eu achava que elas eram completamente loucas ou queriam me agradar.

Por conta disso, eu era neurótica com dieta. Tomava remédios escondidos. Ou até mesmo ia em médicos que me receitava remédios. O que acontece é que quando eu parava de tomar esses remédios, engordava 5x mais e numa velocidade 10x maior.

Minha mãe não podia e não pode me ver comendo NADA que fala “vai comer isso?” ou coisa parecida. Comecei a comer só pra enfrentar ela, só pra mostrar pra ela que da minha boca e do meu corpo mando eu. Sei que ela não fazia por mal, obviamente que não. Mas quem tem que achar que eu devo ou não emagrecer sou eu, mais ninguém.

E assim eu fui engordando aos poucos. Algumas fases emagrecia um pouco, mas logo depois recuperava tudo que perdi e ganhava mais um pouco.

Esse último ano foi o pior em relação a isso. Do ano passado pra cá, engordei mais de 10kg. Sem nem perceber.

engordar

Óbvio que vejo que as roupas estão mais apertadas em mim, mas não achei que fosse tanta diferença.

Preciso dar uma reviravolta total na minha vida (outra).

Ontem, logo depois de me pesar, entrei numa depressão profunda. Daí o príncipe ficou comigo (ele tinha ido ficar com avó no hospital, como eu disse, mas o quadro dela piorou, ela foi pra uma outra sala e ele teve que voltar pra casa), me deu algumas dicas e disse que preciso também fazer exercícios. Eu fiquei triste, porque sempre peço pra ele correr comigo, caminhar ou ir à academia e ele nunca pode, tá cansado, etc. Ele me respondeu na mesma hora, que precisava primeiro partir de mim o fato de querer mudar.

Nesse momento eu vi que, apesar dele ser meu companheiro em tudo, nisso eu tô completamente sozinha. Sou eu, eu e mais ninguém.

Eu quero e vou mudar. Quero mudar por conta da minha saúde, por conta do meu espelho, da minha autoestima, das roupas que quero ter e não posso, do meu futuro vestido de noiva, por tudo.

Conto imensamente com o apoio de vocês, porque só de escrever isso aqui tô me sentindo muito mais animada.

Hoje eu tô péssima, mas acredito que com o passar dos dias, vendo o resultado, eu vá ficando melhor.

melhorar

Mas voltando um pouco ao assunto do post de ontem (esse aqui) e continuando nesse assunto de hoje, tenho algumas coisas a acrescentar.

Primeiro, eu esqueci de dizer que antes de colocar a farinha de tapioca na frigideira, é interessante dar uma peneirada. Eu jogo da peneira direto para a frigideira, porque fica mais fácil de espalhar. E peneirando, ela fica mais leve.

Uma amiga, depois de ler o post aqui, me disse que goma de tapioca prende o intestino. Eu não sabia disso. Primeiro eu comprei a goma no mercado, mas ela não rendeu nada e já acabou. Agora eu comprei a própria farinha de tapioca (que ela disse que é melhor) na estação dos grãos (que vende a granel e fica mais barato) e tô esperando chegar.

Ela me recomendou também a batata granfina, que é um tipo de batata doce com a casca branca. Que é difícil de achar aqui, mas vou ver lá no Mercadão de Madureira pra provar.

Esqueci de contar pra vocês sobre 2 hábitos diferentes que também incluí na minha vida.

O primeiro é que estava andando com duas garrafas de água de 1,5L. Assim me forçava a beber água o dia inteiro (faço xixi o dia inteiro) e beber o necessário por dia. Mas como eu não tinha coragem de beber a garrafona em público e como o necessário são 2L de água por dia. Agoro ando com uma de 1,5L e uma de 500ml. Fica melhor.

O outro é que depois de ver um vídeo de uma campanha da Coca-Cola de pílulas mágicas contra a obesidade, não subo mais de elevador pra sala de aula que fica no 4º andar, agora só pego um ônibus (pegava 2 ônibus, mas agora faço uma caminhada de uns 20 minutos).

O filme é bem legal, vê só:

Por fim, agora no almoço, conversando com uma amiga, ela me contou que o médico dela disse que ela não pode comer nada que ela goste. E por isso, ela tapa o nariz e come/bebe algumas coisas da dieta.

dieta-triste

Eu poderia fazer isso, mas a dieta seria uma tortura pra mim. Daria certo por algumas semanas, depois eu iria querer fugir da dieta. Ia sentir vontade de comer outras coisas, coisas gostosas.

E não é isso que eu quero. Eu quero sentir prazer no que estou comendo. Então, eu continuo a busca por alimentos e hábitos mais saudáveis, que eu goste, sinta prazer.

Mais uma vez, conto com vocês nessa busca.

Beijos,

Nanda 😉

Para falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Não esqueçam de curtir o Facebook do blog: http://facebook.com/365diasmeamando

Autoestima de hoje: Péssima

O que me detonou: Me pesar

O que fiz de bom por mim: Na busca por ser mais saudável

Anúncios

setembro 27, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. 2 comentários.

Dia #47 – Parte 2 – Outubro Rosa

Pra mim, câncer, é uma doença maldita. Todo munco conhece alguém ou até mesmo já passou por essa situação difícil.

Infelizmente é uma doença muito imprevisível, mas você pode estar sempre fazendo exames para detectar cedo, se for o caso. Porque quanto mais cedo, mais fácil o tratamento. O Câncer de Mama (que é o segundo mais recorrente do mundo), por exemplo, se descoberto cedo, tem 95% de chances cura. Por isso é muito importante que as mulheres façam preventivos contra essa doença.

Infelizmente, a minha sogra não descobriu muito cedo (lembrando que o dela é no pâncreas), então o tratamento está sendo mais complicadinho.

E esse mês de Outubro, é o mês rosa: Mês de Conscientização do Câncer de Mama e Colo do Útero, uma campanha internacional que teve início nos EUA em 1997. O nome é por causa do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades.

No Brasil, essa campanha começou só em 2002. Os pontos turísticos ganham uma iluminação toda rosa, pra chamar atenção sobre a campanha de prevenção.

Cristo Redentor – Rio de Janeiro/RJ

Elevador Lacerda – Salvador/BA

Palácio da Liberdade – Belo Horizonte/MG

Óbvio que não adianta só colorir pontos turísticos, durante todo esse mês, palestras, conferências e exames clínicos vão ser feitos em vários lugares. Achei aqui a programação do Outubro Rosa em Vitória – ES. Se alguém tiver a informação da programação de mais alguma cidade, me envia para eu colocar aqui, ok?

O Instituto Oncoguia é uma organização que oferece informação sobre o câncer e luta pelos direitos e garantias dos pacientes com essa doença. Eles têm uma página bem legal voltada só para o Câncer de Mama e clicando aqui você pode se informar mais sobre esse câncer, os tratamentos, entrevistas. Vale muito a pena conferir.

Vamos espalhar essa informação, nos conscientizar e conscientizar as mulheres que a gente ama sobre a importância da prevenção!

E querendo falar comigo, já sabe né? Meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Uma amiga (a mesma que me enviou a planilha), leu esse post e mandou aqui nos comentários um site de voluntariados do INCA (Instituto Nacional do Câncer). Amei e vou me informar melhor pra ver a possibilidade de participar. Querendo saber mais sobre esse programa só clicar aqui.

outubro 3, 2012. Tags: , , , , , , , , , , , . Uncategorized. 2 comentários.