Dia #101 – Príncipe pai

Hoje, 11/02/14, completo 1 ano e meio de namoro com o príncipe pai (mesmo parecendo que são uns 5 anos que estamos juntos).

Incrível, mas tem 1 ano e meio apenas que a minha vida mudou completamente.

Costumo dizer que a gente brigava muito mais quando não namorávamos ainda (quase todo dia e era sempre bem sério). E olha que foram 5 meses dele me enrolando ficando. Acho que eu era muito insegura do que ele sentia e ele era muito fechado, daí ficava difícil mesmo. E por brigar muito, ele que ficava inseguro de começar o namoro (bem, pelo menos, foi isso que ele disse algumas horas antes da gente começar a namorar).

aniversario

Hoje em dia a gente quase não briga. E quando briga, eu brigo sozinha. Porque ele me deixa falando e fica só me olhando (com aquela cara de que sou maluca, sabe?). Tem coisa mais irritante? Não! Então até evito brigar pra eu não me estressar sozinha. rsrs

Acho que a sensação que tenho de estarmos há muito mais tempo juntos se deve pelo fato do nosso início de namoro não ter sido nada convencional, ter sido muito intenso. Logo que começamos o namoro, descobrimos o câncer na mãe dele e foi tudo muito rápido.

inicio-de-namoro

Isso nos uniu muito, estávamos sempre juntos. Contei tudo aqui pra vocês, lembra?

Quando ela faleceu, não tinha coragem de deixá-lo sozinho nem por um minuto e fui ficando na casa dele, até quando nos vimos comprando uma cama de casal.

Ele me pediu em casamento. Mentira, pediu nada (pediu nem em namoro, meus amigos que pediram rsrs). Me deu a aliança e disse que eu sabia o que era. Ou seja, estou esperando o pedido até hoje.

pedido-casamento

Fechamos os detalhes do nosso casamento, da realização do meu sonho, mas faltando 1 semana exatamente para completar 1 ano de falecida, a minha sogra mandou o João de presente pra gente.

Doeu muito, mas tive que cancelar tudo do casamento, pois o dinheiro não iria dar.

Não me arrependo de absolutamente nada do que aconteceu e vem acontecendo na minha vida. Não mudaria nenhuma vírgula.

O meu filho é a consequência mais linda que isso tudo poderia gerar. Nunca imaginei minha vida assim, nunca imaginei sentir algo assim. A construir uma família é a melhor sensação do mundo.

construir-familia

E o amor e admiração que eu tinha pelo príncipe pai só aumenta. Às vezes na hora de dormir, fico olhando pra ele já dormindo e agradeço a Deus por ter encontrado o amor da minha vida ainda nessa vida, não é louco? Tem gente que passa pela vida e não o encontra. Mas eu sei que esse amor não é dessa vida e nem acaba nessa vida.

Fico com tanto medo de acontecer alguma coisa a ele que me dá vontade de chorar.

Não é porque é meu noivo, mas é uma das melhores pessoas que conheço no mundo, de coração bom. Cuidou da mãe como ninguém, cuidou da vó, cuida muito bem de mim e do João, dos tios avós. Não sabe dizer não pra ninguém (e isso me irrita às vezes). Dedicado no trabalho.

Amo ver quando faz carinho na minha barriga, faz cosquinha nela pra brincar com o João, quando conversa com ele, enche a barriga de beijo. Tenho certeza que meu filho não poderia ter outro pai, porque ele já exerce esse papel lindamente.

Descrevo isso como um amor e admiração tão fortes, que chega a doer o peito. Deve ser porque tá quase transbordando, né?

me_completa

Enfim, feliz 1 ano e 6 mesinhos pra gente. Nosso presente tá chegando aí.

Beijos,

Nanda 😉

Não esqueça de acompanhar a gente no Facebook. Curte lá: http://facebook.com/365diasmeamando

Para quem quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com. Respondo todos os e-mails que vocês me mandam ;)

fevereiro 11, 2014. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized. Deixe um comentário.