Dia #75 – Meu passado no meu presente

Ontem foi o casamento de uma amiga minha.

Amiga há quase 15 anos.

PEDRO II

Estudamos juntas, viajamos juntas, íamos a matinê juntas e quando completamos 16 já podíamos frequentar a night “adulta” dessa mesma boate. Batíamos ponto lá todos os sábados.

CP2

Quando ela operou, eu ia levar a matéria da aula pra ela na casa dela e deixei de sair todos os finais de semana pra ficar com ela até ela ficar boa.

Quando eu fiquei doente, sem poder ir à aula por 15 dias, ela foi a única que foi me visitar pra saber se tava tudo bem.

COLÉGIO PEDRO II

Na véspera de natal ela sempre passava lá na minha casa à tardinha pra deixar meu presente de natal e desejar um feliz natal.

Quando o cachorro querido dela morreu, ela tava lá em casa.

A gente se formou no colégio. Faculdade nova, mundo novo, amigos novos. Cada uma seguiu seu caminho inevitavelmente. E mesmo morando muito perto, quase não nos víamos mais.

Mas ontem, ela entrando de noiva, toda linda, meus olhos encheram d’água. O filme de todos esses momentos passou bem na minha frente.

NOIVA

É, agora a gente é adulta.

Nosso grupinho de adolescentes (já falei dele aqui) é o “Friends Forever”. E levamos isso a risca. Mesmo sem nos falar todos os dias, procuramos nos encontrar quando podemos, e quando nos encontramos é exatamente igual de quando tínhamos 13/14 anos.

1187023729_f

Tenho vontade de colocá-las todas num potinho e falar: Daqui vocês não saem mais, não quero correr o risco de ficar sem vocês mais tempo. Quero viver todos os momentos de vocês e quero que vocês estejam presentes em todos os meus momentos.

Ontem foi lindo demais. Quase todas com seus namorados/noivos. Eles interagindo entre si. Todos felizes. Parecia final de novela, sabe? Que tem sempre um casamento e as pessoas se reencontram felizes.

Quero, de coração, que minha amiga seja eternamente feliz com o agora marido dela. Quero isso não só pra ela, mas para todas as “Friends Forever”.

Friends Forever

E as lembranças de tudo, cada segundo vivido juntos, não saiam jamais de dentro da gente. Porque é isso que nos faz ser amigas.

Ontem me fez pensar o quanto é bom e o quanto é importante você conservar antigas amizades. O quanto é bom saber que você conquistou uma coisa tão difícil que é hoje em dia.

Amigos hoje parecem que são descartáveis. Que você os “usa” enquanto lhe é conveniente, depois de um tempo esfria e você faz um outro amigo que substitui esse.

Fazer novos amigos é maravilhoso, mas olhar pra trás e ver que você pode não ter feito tudo certo, mas que aqueles poucos te apoiaram (mesmo não concordando com o que você fizesse sempre) e continuam com você é incomparável.

Meu conselho de hoje é que se você tem um amigo antigo, que não fala há muito tempo, dá um alô. Liga, manda sms, recado no Facebook. Só pra dar um “oi”, só pra ele ter certeza que você ainda tá aí.

Beijos 😉

Para falar comigo sobre qualquer coisa, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Autoestima de hoje: Maravilhosa

O que me detonou: Perceber que me afastei de muita gente importante

O que fiz de bom por mim: Me mostrando presente, mesmo de longe

Anúncios

março 24, 2013. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized.

Deixe um comentário

Be the first to comment!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback URI

%d blogueiros gostam disto: