Dia #61 – Paciência, otimismo e força

Ai, perdão por não ter passado aqui ontem, mas a amigdalite me pegou de jeito. Mas tô bem melhor hoje! 🙂

Então, como eu tinha falado, minha sogra foi num oncologista que nãoo aceita plano. Como ele trabalha também em um hospital público aqui do Rio, o Salgado Filho, disse pra ela ir lá ontem que ele ia fazer uns exames nela de graça, a ultra (eu tinha dito que era ressonância, mas é que o namorado tinha me contado errado) e o hemograma.

Ontem de tarde ela foi lá e teve que ficar esperando o resultado dos 2 exames, o que demora um pouco.

Quando saiu o resultado do exame de sangue, mostrou que ela ta anêmica. O médico falou que ia repor sangue e plasma nela, mas que faria ali mesmo porque parece que pra fazer num particular, primeiro ela ia ter que conseguir 3 doadores, o que leva mais um pouquinho de tempo.

Como ela tinha que receber 2 bolsas de plasma e 2 de sangue, demora muito.

O celular não pega lá dentro do hospital, eles saíram de casa de tarde, até de noite muita gente estava sem notícia e começou a ficar preocupada com razão. O namorado tinha me mandado umas mensagens (porque fico pressionando ele, senão esquece da vida completamente) e tranquilizei quem veio falar comigo.

Depois que ela recebeu isso tudo, teve que receber soro. Desculpe minha ignorância, mas acho que é porque 2 sangues é muita coisa, e também porque ficou o dia todo sem comer, lá no hospital.

Eram 6h da manhã quando o namorado mandou outra mensagem falando que ela já tinha acabado tudo, mas tinha que esperar o médico do plantão passar lá pra liberar, mas que ela tava ótima, se sentindo super bem, doida pra ir embora e disse que dava até pra dançar um funk. rsrs

E aí que tava todo mundo preocupado, desesperado, aflito. A única que não se abalou em nada, foi a sogra. Que não perdeu a animação. E nesse momento, por mais que estejamos receosos, com medo e tudo mais, temos que demonstrar muita tranquilidade e otimismo à ela. Esse é o mais importante para quem a rodeia.

Bom, todos sabem como é hospital público, né? Deu umas 10h, mais ou menos e nada do médico passar lá. Namorado foi pra casa tomar banho e, finalmente, colocar o cel (que tinha descarregado) para carregar.

Pois então, são exatamente 17:30 e o médico ainda não passou lá. É incrível o descaso que existe em hospital público. Não consigo entender como pessoas tão desumanas podem trabalhar com a profissão mais importante do mundo que é cuidar de pessoas.

Namorado tá há mais de 30 horas no ar e to com medo dele pifar uma hora dessas. 😦 Não estou conseguindo falar com ele, então provável que ele esteja lá dentro com ela.

Só me resta então aguardar notícias e ficar aqui torcendo para que tenham a boa vontade de irem até lá para liberarem a sogra pra ir pra casa.

obs: São 17:57 e namorado acabou de mandar mensagem falando que a sogra fez outro exame de sangue e que estão esperando a médica passar lá para ver o resultado do exame e liberá-la. Parece que na hora que a enfermeira foi buscar o resultado do exame, a médica foi chamada para uma cirurgia, aí já viu, né?!

Tenham todos um ótimo final de semana. Beijos

Para falar comigo sobre qualquer coisa, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Autoestima de hoje: Alta
O que me detonou:
O que fiz de bom por mim: Aproveitei que fui tirada da cama cedo, e cuidei muito de mim antes de vir trabalhar. Só saí de casa quando me achei linda

Anúncios

outubro 26, 2012. Tags: , , , , , , , , , , , . Uncategorized.

Deixe um comentário

Be the first to comment!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback URI

%d blogueiros gostam disto: