Dia #56 – Essa rotina já não satisfaz

Dia desses eu tava voltando pra casa e começou a tocar no rádio uma música do NX Zero que anda fazendo um sucessinho atualmente, mas que, apesar de saber cantá-la toda, nunca tinha prestado atenção na letra. Sim, já sei o que você vai falar: Que é Emo, que só sofre, que de cortar os pulsos. Mas sério! Leia a letra dos caras, a música se chama “Maré”.

Todo dia ela chega em casa
E se pergunta: O que é que eu to fazendo aqui ?
Todo dia chega do trabalho
Olha pro lado sem saber pra onde ir

Vê que a vida que leva não é a mesma
Que planejou quando era feliz
Todo dia isso se repete
Ela procura um motivo pra sorrir

Com o tempo a vida faz crescer e aceitar
Que de repente tudo muda e troca de lugar
Não se entregue e não deixe a maré te levar
Só não deixe a maré te levar
Com o tempo a vida faz crescer e aceitar

Todo dia ele toma um gole
Pra esquecer tudo o que deixou pra trás
Todo dia ele se arrepende de não ter
Feito o que era capaz

Vê que a vida que leva não é a mesma
E essa rotina já não satisfaz
Todo dia isso se repete e ele procura
Encontrar a sua paz

Não faz muito tempo que estava conversando com alguém justamente isso, que conforme a gente vai amadurecendo, nossos gostos e vontades vão mudando. E talvez aquilo que você queria muito, sempre sonhou, hoje não lhe agrade tanto.

Já aconteceu com alguém aqui de planejar muito a sua vida ou apenas alguma coisa e quando finalmente isso acontece, não tem tanta graça? Ou até tenha passado um tempo e você não tenha conseguido, mas nem sente mais vontade de ter aquilo para você?

Eu tinha uma amiga que, no colégio, ela sempre se apaixonava perdidamente por um garoto, cismava com esse garoto específico e ficava tentando conquistar. Quando finalmente o garoto chegava nela, na maioria das vezes ela dizia não (dava o famoso “toco”). E se ela topasse sair com ele, depois da primeira vez, já enjoava e começava a fugir do pobre coitado da vez.

Um dia eu perguntei porque ela fazia isso e ela dizia que ela ficava tanto tempo querendo aquilo que quando acontecia, perdia o sentido.

Será que a questão apenas é nossa mudança constante ou será que nunca estamos acostumados com o que temos?

Tá certo que a rotina é uma desgraça. Eu sempre odiei a rotina. Sempre acaba tornando aquilo que era muito legal e que sempre quis, numa coisa chata e entediante. Mas como a música fala, é não se entregar.

Porque quando realizamos um sonho fica uma sensação de “e agora?”. É nesse momento que precisamos de um novo sonho.

É assim que tem que ser. Conquistou aquilo queria muito? Você está pronto para querer muito outra coisa e lutar para conseguí-la. O importante é nunca perder o motivo para sorrir.

Obrigada, NX Zero! Grande lição em apenas 5 minutos.

Para falar comigo sobre qualquer coisa, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Autoestima de hoje: Alta

O que me detonou: Rotina

O que fiz de bom por mim: Me renovei completamente

Anúncios

outubro 18, 2012. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , . Uncategorized.

2 Comentários

  1. rainhadobaille replied:

    Nossa, como me identifiquei com a sua amiga! Eu era bem assim rs, mas acho que é uma coisa de todo mundo, com o tempo a gente sempre acaba enjoando, qualquer coisa… da decoração do quarto, do modo de se vestir, trabalho etc… ainda mais quando somos jovens. As vezes vejo series, e falo- nossa como a vida deles é agitada! D: Ah, e eu também não tinha parado pra escutar a letra da musica! Acho que todas se identificaram rs

    Beijãao 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback URI

%d blogueiros gostam disto: