Dia #41 – Força, quando menos se tem, é quando mais se tem

Ok! Estou tímida! Tô super sumida daqui. Vocês me perdoam? Prometo, prometo, prometo que não vou mais abandonar esse cantinho dessa maneira.

Como eu tinha contado aqui pra vocês, que minha vó tava muito doente e ela tem se recuperado a cada dia. Esse feriadão ela foi pra Araruama pra casa da minha tia e ainda passou em Búzios pra almoçar com a minha mãe.

Inclusive, meu primo me mandou uma mensagem há umas 2 semanas: “Minha vó pediu pra postar a foto dela de “bobs em araru”, palavras dela….”. Eu ri horrores e fiquei super feliz.

Uma amiga que viu a foto disse que minha vó tá super bem e perguntou motivo. Contei pra ela que não tinha motivo aparente, que conversamos com ela e a fizemos entender que ela desistindo da vida, não prejudicava só a ela, prejudicava à todos nós. E que com a força que demos à ela, foi ficando forte também.

Para alguém que esteja doente ou em outra situação delicada, a força, a positividade e alegria que as pessoas em volta transmitem à ela é algo com um poder indescritível.

Descobrimos semana passada que minha sogra está com um câncer maligno no pâncreas. Na hora foi um puta soco na cara e eu só sabia chorar, chorar e chorar.

Mas quando se é a base da base, não é admissível fraqueza. E ele é a base da minha sogra. Então quando fui encontrar com meu namorado, lavei a cara, passei uma maquiagem e fui linda e contente pra ele nem desconfiar que eu tava triste.

E outra: ele acha que pode resolver tudo sozinho, se sobrecarrega muito e se mantém ali firme, como uma rocha. Num momento de discussão até cometi uma injustiça e cheguei a dizer à ele que ele nasceu pra viver sozinho porque não sabe dividir os problemas. Mas pensei bem e depois disse que se ele nasceu assim, vai ter que aprender a dividir os problemas, sim. Porque ele não tá mais sozinho, agora somos dois.

Nosso final de semana foi maravilhoso, ficamos o tempo todo em casa com ela. E por nenhum momento lembramos o que é ser triste.

Estamos todos muito positivos, temos certeza que vai dar tudo certo.

Lembro de que meu namorado me disse que tinha medo porque ela tava muito fraquinha. Só que agora eu digo pra ele e todos que estão lendo: Nunca subestime a força de alguém.

Ela já está internada para ser operada ainda essa semana. Ontem passou o dia todo na emergência esperando vagar um quarto. Eu cheguei lá à noite estressada com o trânsito, o calor e tudo mais. E quando fui falar com ela? Ela estava rindo e brincando. Me senti tão egoísta naquele momento e ao mesmo tempo vi que meu namorado não nem tem idéia da força que a mãe dele tem.

Vou mantendo vocês informados para que todos passem muito pensamento positivo pra sogra. Conto com a fé de todos vocês. Obrigada!

Autoestima de hoje: Boa

O que me detonou: Sogra ainda não foi pro quarto

O que fiz de bom por mim: Desabafei aqui com vocês

Anúncios

setembro 25, 2012. Tags: , , , , , . Uncategorized.

2 Comentários

  1. Renata Cavalcante replied:

    Q ótimo, Fê!! Curti mto seu texto hj!!
    Vai correr td bem!! Pensamento positivo!! Q sua sogra mantenha a força!! A recuperação dela vai depender mto mais do desejo verdadeiro de ficar boa!!
    Bjaoo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback URI

%d blogueiros gostam disto: