Dia #38 – Erga essa cabeça e mete o pé

Eu tô numa TPM dos infernos, com vontade de me enfiar num buraco e não sair de lá um bom tempo. Mas mesmo assim resolvi vim aqui contar pra vocês que no sábado vi um filme maravilhoso, “Missão Madrinha de Casamento”. Nada fugindo daquele roteiro normal de comédia romântica, porém, pelo menos para mim, com uma mensagem maravilhosa (eu sempre tento buscar as mensagens que os filmes passam para a gente de forma implícita ou não).

O filme se trata de uma história de uma mulher que dá tudo errado na vida dela. Sério, a zica dela era forte mesmo. Perdeu o emprego, a amiga, a casa e por aí vai.

O problema é que a moça queria que todos sentissem pena dela por tudo que estava acontecendo com ela, porque ela mesma tinha “autopena”. Óbvio que ninguém sentiu dó da pobre coitada e ela foi definhando até que não saía mais de casa, não atendia ligações de amigas, não fazia mais nada.

Um belo dia uma amiga foi na casa dela sem avisar e deu uma bela sacudida nela. Sacudiu literalmente, encheu ela de porrada. Tudo isso pra ver se ela reagia, reagia pra vida, sabe?!

E quantas vezes eu já não tive vontade de fazer isso com amigos? Imensas, milhares de vezes.

E daí que nada dá certo na sua vida? Não gosta do seu trabalho? Procura um que te dê mais prazer. Foi demitido? Opa, o que não faltam são ofertas de trabalhos por aí, mas tem que procurar, tem que se mexer. Se acha feio? Faça alguma coisa que melhore sua aparência. Não têm amigos? Saia, conheça pessoas novas.

O que não dá é ficar parado esperando que o céu conspire à seu favor, porque ele não vai. Aceite isso, meu bem. As coisas boas só acontecem para quem as procura, para quem faz por onde.

Enquanto você fica aí reclamando da sua vida, ela tá passando. Então se mexa já. Não me obrigue a ir aí na sua casa te encher de porrada.

Autoestima de hoje: Baixíssima

O que me detonou: Mulheres me respondam essa: Tu já tá na TPM e furam com você. Como fica? Ah, tá!

O que fiz de bom por mim: Me mexendo todos os dias

Anúncios

agosto 21, 2012. Tags: , , , , , , . Uncategorized.

5 Comentários

  1. Renata Cavalcante replied:

    Hahahahahahahaha
    Tb já vi esse filme, Fê… Minha vida estava meio assim… Parei de sair de casa, ficava me sentindo inútil…Mas nem sempre uma sacudida faz a pessoa despertar… Cada um tem seu próprio tempo para se reerguer. Nós cavamos nosso próprio poço!
    Até q um dia uma amiga me falou o seguinte: “Renata, eu e a professora estávamos comentando q vc vai ganhar mto dinheiro, q é mto talentosa e dedicada!” Ai eu questionei: “Eu?” e ela me respondeu: “Sim, vc..Vc só precisa aprender a vender seu peixe..rs”
    De alguma forma isso me motivou…pq essa amiga não era alguém tão próxima. Era uma pessoa q eu tenho mto carinho é claro, mas nunca tivemos intimidade. Sabe, às vezes o mais importante é ouvir a opinião de uma pessoa fora do seu convívio pq é mais imparcial q a opinião dos seus melhores amigos.
    Qdo parei de me sentir inútil, passei a reconhecer o meu próprio valor e pensei “td é uma questão de oportunidade…se ninguém me dá uma, eu mesma vou criá-la”… Comecei a fazer planos de montar meu ateliê, conversei com 2 amigos e eles toparam embarcar no meu sonho, como meus sócios… Td esquematizado… De repente, depois de 1 ano e 5 meses sem ocupação profissional, fui chamada para estagiar numa empresa!! Agora estou estagiando, mas o meu sonho de montar meu ateliê não morreu, só foi adiado!!

    • nandapereirac replied:

      Rê,

      Minha mãe sempre fala que temos que criar nossas próprias oportunidades.

      Quanto ao seu ateliê, não desiste, não. Vai fazendo aos pouquinhos, mas faz! Dou a maior força.

      Beijos

  2. rainhadobaille replied:

    Ah eu já vi esse filme, e adoro!
    Também busco mensagens nos filmes e nessa eu saquei logo
    Vou ti dizer que há tempo atras eu estava bem desanimada, esses desânimos que acontecem, mesmo com a nossa “pouca” idade;
    Eu tbm há um tempo atras abri meus olhos, e tudo ta fluindo, não é que deu certo? rs
    A vezes temos que olhar nossa vida, como se fossemos outra pessoa, fazer nossas conclusões que as coisas começam a melhorar…

    beijão
    sorte pra Renata tbm … 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback URI

%d blogueiros gostam disto: