Dia #34 – Qual a diferença entre inocente e ser positiva?

Hoje aqui no trabalho resolvemos fazer um bolão da Mega-Sena. Nunca joguei antes na sena, mas vai que….

Logo, se amanhã eu não escrever aqui, saibam que eu ganhei, to rica e sumi no mundo.

Resolvo todos os meus problemas, aqueles que não tiverem solução, eu compro.

Já fiz minhas contas mentais, meus planos com meu possível e bem remoto dinheiro. Se é pra sonhar, vamos sonhar direito, né?

Por falar em sonho, minha mãe fala que eu sou muito sonhadora e meu namorado (hmmm…eu tenho um namorado…rs) fala que eu sou muito inocente, eu nunca vou esperando o pior, acho que tudo vai ser perfeito sempre.

Não vejo nada de mal nisso. Por que eu tenho sempre que esperar que as coisas não dêem certo?

Interrompemos nossa programação para anunciar a mensagem que acabo de receber no celular: “Oi, tudo bem?” “Tudo! Quem é?” “Faz tanto tempo que você nem lembra mais de mim, né?” Fiquei um tempo tentando lembrar quem poderia ser, até que recebo outra mensagem: “Estudei com você no Equipe e no Elite” “Nunca estudei em nenhum desses 2 colégios 😦 “.  E aí? Se convenceram de que eu atraio maluco? Outro dia recebi umas mensagens de um casal que insistia que tinha conversado comigo no chat da UOL e queria marcar um sexo à 3, mas depois eu conto essa para vocês.

Bom, voltando ao raciocínio de lá de cima:

Se eu for esperando o pior ou começando uma coisa achando que ela pode dar errado, melhor nem começar. Eu tenho sim que esperar que as coisas saiam perfeitas, do jeito que eu quero.

Sei lá, não me acho inocente, me acho positiva talvez. Não sei se “positiva” seria a palavra certa.

Claro que tudo com o pé no chão. Óbvio que não espero coisas absurdas, não espero que coisas impossíveis aconteçam (mesmo achando que elas poderiam acontecer, né?).

Isso eu digo em relação à situações, projetos, planos. No quesito “pessoas” não sou tão assim.

Até costumo dizer pra uma amiga minha que ela é muito boazinha, que ela sempre espera o melhor das pessoas, sempre que as pessoas vacilam ela acha que não fez por maldade e fica buscando motivos que a pessoa pode ter tido para fazer tal coisa.

Não sei se já disse isso aqui, mas não espero nada de ninguém. Faço as coisas sem esperar nada em troca, nem consideração. Faço porque gostaria que fizessem comigo. O que vier de bom delas pra mim, é lucro.

E você? Se considera Inocente? Positivo?

Autoestima de hoje: Média

O que me detonou: Me vi numas fotos e me achei bem feia, mas bem feia mesmo. rs

O que fiz de bom por mim: Joguei na sena e comprei 10 raspadinhas. É hoje que eu fico rica!

 

Anúncios

agosto 14, 2012. Tags: , , , , , . Uncategorized.

Deixe um comentário

Be the first to comment!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback URI

%d blogueiros gostam disto: