Dia #32 – Na fila com o Maradona

Situações inusitadas sempre acontecem comigo.

Ontem, por exemplo, tava na fila pra pagar meu café da manhã quando dois portugueses começaram a conversar comigo e eu conversei com eles como se eu fosse super nativa de Portugal. Eu não entendia nem metade do que eles diziam e, com certeza, era totalmente recíproco. Mas assim fui feliz pela manhã (creio que eles também).

Tudo bem, esse não foi nada demais, mas o fato é que me fez lembrar de um acontecimento muito curioso, eu diria.

É sério, gente! No orkut (que Deus o tenha…amém), uns amigos até fizeram uma comunidade chamada “A Fernanda atrai maluco”. Porque eu atraio MESMO!

Mas vamos pra histórinha de hoje:

Lá em Búzios tem uma boate chamada Privilége (é ótima por sinal, super recomendo). E quando a gente vai pra lá saímos sempre de manhã. De manhã que eu digo é lá pelas 8h da manhã.

Sempre que saímos vamos direto para o Bob’s (que fica super lotado da galera que volta da night) matar quem está nos matando, a fome.

Nesse dia eu tava sozinha na fila gigante e um argentino (lá em Búzios é o que mais tem) resolveu puxar papo comigo, pedir informação, me cantar, até hoje não sei qual era a intenção do Maradona.

Maradona: Le Maradona blablablablabla (eu já tava mais pra lá de alcoolizada e eu não entendo lhufas de espanhol)

Eu: Oi?

Maradona: Le Maradona blablabla?

Eu, na segunda tentativa, parei, pensei, olhei para cima pensando, tentei processar o que ele disse e: Oi??

Maradona já meio irritado: LE MA-RA-DO-NA BLA-BLA-BLA

Eu, fazendo cara de super triste: Desculpa! No coprendo! (naquele portunhol todo)

Maradona um pouco decepcionado: Ahhh (e virou pra frente).

Continuando na fila….

Maradona vira pra mim de novo: Le Maradona blablablabla

Eu: Desculpa. No comprendo mesmo!

Maradona muito decepcionado: Ahhhhhhh… (virou pra frente de novo)

Já no balcão esperando meu lanche ficar pronto e o Maradona do lado esperando o dele, começa a tocar uma música em inglês (acho que tinha passado um carro com som alto) e eu super empolgada cantando. O Maradona me olhou como quem descobre a cura para a Aids.

Maradona: Do you speak english?

Eu, muito feliz que enfim conseguiríamos nos comunicar, respondo MUITO empolgada: YEAAAAH!

Maradona fecha todo o sorriso, dá um suspiro e responde: Ah, “me no”.

Fiquei olhando pra cara dele como quem tenta resolver um problema de lógica.

Porra (pode falar palavrão aqui, Bial?), Maradona! Tá de deboche com a minha cara?

E assim fui embora pra casa super frustrada por não saber o que o Maradona queria comigo. 😦

Autoestima de hoje: Alta

O que me detonou: Meu celular tá quebrado 😦

O que fiz de bom por mim: Ainda organizando minha vida

Anúncios

agosto 2, 2012. Tags: , , , , , . Uncategorized.

2 Comentários

  1. é o Tik! replied:

    ah se Buzios falasse… hahahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback URI

%d blogueiros gostam disto: