Dia #22 – Um pouco mais de humildade

Tô aqui parada olhando pensando sobre o que quero falar pra vocês hoje. Pensei num assunto, mas acho que não tô bem resolvida o suficiente para falar abertamente sobre isso aqui. Bom, deixa pra lá. Vamos falar de outra coisa!

É impressão minha ou as pessoas estão cada vez mais arrogantes? Está cada vez mais difícil ser humilde? Mas eu queria saber exatamente o motivo disso.

Se errou, qual a dificuldade em assumir isso? Errar é humano, todo mundo erra, cara! Mas pouquíssimas pessoas assumem que erraram e muito mais difícil é encontrar alguém que além de assumir o erro, ainda pede desculpa por isso.

Pelo contrário, o que vejo são pessoas que ao se darem conta de que estão erradas são arrogantes, falam alto, batem o pé e até chegam a insultar os outros.

Entendam: Gritar não vai te fazer ter mais poder, muito menos ter razão. Pode ser que depois que você grite, esperneie, a outra pessoa finja que lhe compreende e até fique calada. Mas não se engane ao achar que essa pessoa está lhe respeitando por trás de você.

Sou do princípio de que se você quer respeito, deve aprender à respeitar antes de tudo.

Sabe aquele lance de trate as pessoas como deseja ser tratado por elas? É exatamente este o ponto!

Uma pessoa mais humilde tem uma tendência maior em ser respeitada, em ter poder. Porque ela não manda ninguém fazer nada, ela pede e os outros têm prazer em atendê-la porque, no fundo, sabem que serão reconhecidos por isso. Já dizia Shakespeare que a gratidão é o tesouro dos humildes.

Não estou falando que você deve abaixar a cabeça pra tudo e pedir desculpas o tempo todo. Por favor, não faça isso. Quem muito se abaixa o fundilho lhe aparece e aquele que pede desculpas o tempo todo acaba se tornando um chato de galocha.

Eu tô falando em parar para pensar bem nas suas atitudes e reconhecer quando for preciso. O problema mesmo nem é reconhecer para os outros que você errou. Acho que o problema está reconhecer isso para si mesmo. Mexe com o orgulho da gente, né?!

Não dói! Vai por mim! Vamos lá, você consegue. Repete comigo: Des-cul-pa! Mais uma vez: Des-cul-pa! Muito bem! Excelente começo. Agora continue exercitando por aí até que saia naturalmente.

Texto de hoje: Seja Humilde

Autoestima de hoje: Média

O que me detonou: Muita arrogância em volta

O que fiz de bom por mim: Dia de Spa

Anúncios

julho 17, 2012. Tags: , , , , , . Uncategorized.

Deixe um comentário

Be the first to comment!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback URI

%d blogueiros gostam disto: